Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

Nuno Lopes Melhor Actor em Veneza

Setembro 12, 2016

nunolopes.jpg

Nuno Lopes, para mim um dos melhores atores portugueses da atualidade, venceu a distinção de melhor actor no festival de cinama de Veneza, conquistando o prémio Orizzonti pela sua prestação no filme São Jorge do realizador Marco Martins.

Um filme que retrata a realidade vivida nos bairros da belavista e da Jamaica em Lisboa. O papel de Nuno é o de um boxeus desempregado que aceita trabalho noturno numa empresa de cobranças dificeis.

De leão de ouro na mão não deixou de enaltecer os habitantes alfacinhas destes bairros e de criticar o dragão da austeridade que "cuspiu fogo" sobre Portugal.

Não poderia deixar passar este tema em branco: Parabéns ao Nuno e ao Cinema Português.

Rotas do Mundo

Aqui me encontro

O País dividido e multicultural da Bósnia e Herzegovina

Setembro 09, 2016

bosnia.jpg

 Bósnia e Herzegovina é um país nos Balcãs, com data de independência em 1992, após ter pertencido à Jugoslávia, situado no leste Europeu, fazendo fronteira com Croácia, Sérvia, Montenegro e banhada numa pequena parte pelo maravilhoso Mar Adriático. O país está dividido em 2 partes completamente autónomas a republica Srpska (Sérvia) e a Federação da Bósnia e Herzegovina, esta ultima divide-se pela Bósnia na parte setentrional com a sua região de montanhas e florestas, e a Herzegovina, na parte meridional com montanhas e agricultura.

Neste país pode encontrar paisagens das mais variadas, sendo que as montanhas de elevada dimensão, os lagos e as cascatas serão as mais impressionantes. Assim pode subir à montanha mais alta denominada de Monte Maglic com 2386 metros, nadar no rio Una, observar as cascatas de Kravice, saborear as muitas florestas e parques naturais.

O clima é variado na zona costeira um clima mediterrâneo com temperaturas amenas e nas montanhas um clima continental (que chega a atingir temperaturas gélidas). Um país de elevada precipitação.

Apenas com pouco mais de 3.8 milhõesde habitantes, e um território considerável (51197km2) detém apenas cerca de 76 habitantes por Km2.

Apenas 44% da população considera-se bósnia, sendo que a maioria são expatriados da Sérvia (31%) e da croácia (17%). A religião está representada na proporção dos países de origem assim temos de considerar que 90% dos bósnios são Islâmicos, 88% dos croatas são católicos e 99% dos sérvios são ortodoxos. Complexidade racial e religiosa o que em tempos causaram tantas guerras.

Tendo como capital Sarajevo, Mostar é a capital da zona Herzegovina. A sua economia baseia-se na agricultura, tal como no passado, o que continua a ser considerado um dos países mais pobres da Europa. Detém como moeda oficial o Marco Conversivel que equivale a perto de metade do euro (cambio 1E = 1,945 BAM).

A gastronomia montenegrina está bastante influenciada pela principal economia do país, ou seja a agricultura e a pecuária, assim os alimentos produzidos quer cereais, legumes ou frutas, bem como o gado torna-se na principal fonte de inspiração dos pratos tradicionais. Além obviamente da influência árabe presente na religião e na gastronomia.

Como pratos típicos temos então o Cévapi, uma espécie de “pita” feita num pão sírio grosso (somun) recheado de pequenas linguiças de carne de vaca e cordeiro; Kajmak um queijo coalhado; Ayran – bebida rala de iogurte; Pastéis de Carne – uma espécie de crepes recheados com carne de cordeiro; Pasulj – uma sopa com a tradicional linguiça, depois pode ainda encontrar espetadas de carne.

As Rotas do Mundo passarão por Kravice, Mostar, Zanick e Sarajevo

Rotas do Mundo

Aqui me encontro

Afinal o que é o Sushi?

Setembro 06, 2016

afinal o que e o sushi.jpg

Cada vez mais na moda, depois de se ter estendido por terras americanas e mais tarde a introdução na Europa. A sua maior dinamização em Portugal ocorreu há cerca de 10 anos com a proliferação de vários restaurantes de comida japonesa, e alguns chineses que dão um “all you can eat” misturando pratos de sushi de fusão e comida oriental.

O Prato sushi teve a sua criação há muitos anos e não é nada como o conhecemos. O sushi de forma tradicional é apenas peixe fermentado (e não cru) e arroz, conservado com sal, ao estilo originário do sudeste asiático (que por lá ainda nos dias de hoje se mantém assim).

Atualmente, o sushi japonês é muito pouco semelhante ao original, iniciou-se me 1799, pelas mãos e facas de Hanaya Yohei, quando ao jeito de “fast food” nas barraquinhas de rua necessitava de produzir sushi mais rapidamente, vai daí deixa de fermentar o peixe e passa a colocá-lo cru no arroz, agora avinagrado e acompanhado de wasabi.

Além desta alteração existe ainda a fusão que hoje mina todos os pratos de sushi, com a introdução de queijo creme, abacate e outros produtos que aproximam os paladares ocidentais à cultura japonesa.

O sushi puro é assim bastante rico nutricionalmente, quase sem gorduras e com elevada taxa de proteína, vitaminas, minerais e ómega-3. Claro, que o sushi ao “estilo ocidental e contemporâneo” acrescenta gordura quer na maionese ou no queijo creme utilizado.

O sushi é bastante nutricional mas pode deter alguns riscos para a saúde, e é preciso ter isso em atenção. Pode existir alto teor de mercúrio em peixe grandes como o atum, reações alérgicas a frutos do mar ou a contaminação por bactérias por manusear peixe cru. Por cá não é comum, mas existem pratos de sushi com a utilização de peixes venenosos como o fugu que se não for preparado devidamente é letal para quem o provar.

O sushi poderá ter como já mencionado anteriormente vários recheios e coberturas mas sempre presente está o arroz, os diferentes tipos de sushi diferem assim não pelo ingrediente usado mas pela forma de enrolar da peça:

Makisushi – Maki: um pedaço cilíndrico enrolado com a ajuda de uma esteira de bambu (makisu), é embrulhado em nori (folha de alga) desidratada que abriga o arroz e o recheio;

Futomaki: são makis de grandes dimensão que podem ter um ou mais recheios;

Hosomaki: são makis de pequena dimensão, por volta de 2cm de espessura e 2cm de diâmetro, contem apenas um ingrediente;

sake.jpg

 

Kappamaki: são hosomakis apenas recheados com pepino, o seu nome deriva de uma homenagem ao Kappa (figura folclórica japonesa que tinha o pepino como alimento preferido);     

     kappa-maki-.jpg

Tekkamaki: são hosomakis apenas com atum;

tekka-maki.jpg

Temaki: são ligeiramente diferentes, pois são rolinhos de mão em forma de cone com um ou mais recheios, por norma devem medir cerca de 10cm, e são comidos à mão;

TEMAKI.jpg

Uramaki: são rolos invertidos, basicamente são futomakis invetidos, deste modo o recheio fica enrolado com a nori e por fora fica o arroz, que por norma depois é salpicado com outro ingrediente como por exemplio sementes de sésamo ou ovas;

a4fcf8675da06d36c05cc2ab2f5f1aac.jpg

Oshizuhi: É sushi prensado numa forma de madeira chamada de oshibako. Não é tão diculgado por cá, mas existem boas alternativas;

NigiriZushi –Nigiri: pequenos pedaços circulares mas não são feitos com esteira, são moldados à mão. Por norma o o arroz é coberto com wasabi e uma cobertura sobre ele, possivelmente poderá vir amarrada com uma tira de nori;

featured_nigiri.jpg

 Gunkanzushi: também conhecido como gunkanmaki é semalhante a um maki mas enrolado à mão, pequeno, embrulhado em nori, mas o recheio em vez de ficar no centro por norma é colocado por cima;

tipo-sushi-gukan-maki-misaki-2.pngInarizushi: é um pequeno pacote de tofu frito ou omelete em que é recheado com o arroz e outros ingredientes;

Chirazhizushi: é basicamente uma tigela de arroz misturado com sushi;

IMG_0522.jpg

 

O sushi é difícil de preparar?

Claro que requer alguma prática, principalmente no manuseamento da faca e no arranjar do peixe depois é preparar devidamente o arroz e enrolar...

No erro e nas tentativas estará a virtude e a criação de um belo rolo de sushi. Boa sorte

Agora que sabes mais alguma coisa de sushi está na hora de ir comer...Bom proveito

Rotas do Mundo

Aqui me encontro

O país das Montanhas Negras

Setembro 05, 2016

montenegro.jpg

 Montenegro é um pequeno país montanhoso com data de independência em 2006, após ter pertencido à Jugoslávia, situado no leste Europeu, fazendo fronteira com Croácia, Albânia, Kosovo, Bósnia Herzegovina e banhada pelo maravilhoso Mar Adriático.

Neste país pode encontrar paisagens das mais variadas, sendo que as montanhas de elevada dimensão, os lagos e as cascatas e a planície junto ao adriático serão as mais impressionantes. Assim pode subir à montanha mais alta denominada de Zla Kolata com 2534 metros, percorrer a maior praia de nome Velika Plaza (13km), nadar no lago Skadar, observar as cascatas do rio Tara (1300 metros), saborear as muitas florestas e parques naturais.

É de salientar que o Montenegro é o único país que detém fiordes no sul da Europa (Mediterrâneo).

O clima é variado na zona costeira um clima mediterrâneo com temperaturas amenas e nas montanhas um clima continental (que chega a atingir temperaturas gélidas). Um país de elevada precipitação.

Apenas com pouco mais de 700 mil habitantes, e um território considerável (13810km2) detém apenas cerca de 50 habitantes por Km2.

Apenas 43% da população considera-se montenegrina, sendo que a maioria são expatriados da Sérvia (32%) sendo maioritariamente cristã (sendo 75% ortodoxos) adotando como língua oficial o montenegrino, apesar de 50% da população só falar o sérvio.

A tentar entrar na União europeia desde a sua independência, continua a ter um aumento ligeiro na economia muito sustentada pelo turismo. Apesar de não pertencer à UE detém como moeda oficial o Euro.

A gastronomia montenegrina está bastante influenciada pela cozinha italiana e pela cozinha turca devido aos motivos históricos. Na zona costeira proliferam os pratos típicos mediterrâneos com muito peixe e frutos do mar, a norte devido ao frio e à proximidade com a Sérvia os guisados e a sopas “consistentes” serão os pratos habituais.

Como pratos típicos temos então a Kacamak: uma espécie de gnocci, Japraci: vaca e arroz, Brav u Mlijeku: Cordeiro cozinhado com leite, Popeci: bife de vitela com queijo e presunto, Cufte: almôndegas. As sobremesas ganham expressão com influências turcas e gregas com o Baklava, os pasteis de mel e nozes, e os Krempita: pasteis de baunilha.

As Rotas do Mundo passarão por Perast, Baía de Kotor, Podvgorica e Budva

Rotas do Mundo

Aqui me encontro

#BalkanAdventure

 

O que é que a Alemanha anda a preparar?

Setembro 02, 2016

alemanha.jpg

 Sei que por vezes sou um pouco parvo, mas andam a circular noticias que me fazem pensar um pouco sobre a possibilidade da Alemanha se encontrar a preparar alguma surpresa mundial.

Segundo noticia lançada pelo Diário de Noticias a 23 de Agosto (fonte Reuters) os alemães estão a ser aconselhados a armazenar água e comida nas suas casas para sobreviverem durante 5 a 10 dias, em caso de emergência nacional. Apesar de esta noticia circular na imprensa alemã ainda não é oficial, mas ao que tudo indica fará parte do novo programa de defesa e proteção do estado alemão. Esta medida já não era tomada desde o fim da guerra fria.

No dia 29 de Agosto, no jornal de Negócios a Alemanha volta a ser noticia mencionando que o povo alemão está a tirar dinheiro dos bancos e a guardá-lo nas suas casas. A justificação para este facto ao que parece são as taxas de juros negativas, e deste modo o povo não vê vantagem em ter o seu património financeiro no débil sistema financeiro europeu. Mas será esta a razão?

Será que há alguma coisa em fase embrionária que desconhecemos?

Será que estas duas noticias estão interligadas?

Será que é só imaginação minha ou a Alemanha anda a preparar alguma coisa?

Podem dizer que realmente sou parvo em estar a ponderar ataques, guerras ou qualquer coisa semelhante, mas a realidade é que da Alemanha ao longo da história recente sairão surpresas muito desagradáveis como por exemplo duas guerras mundiais no século passado.

Vamos ver o que acontece, espero mesmo que sejam só pensamentos idiotas

Grandes Promoções da Vueling

Setembro 01, 2016

Slide1.JPGDesde hoje e até ao próximo dia 13 de Setembro a Vueling airlines, empresa espanhola d eaviação encontra-se a efetuar uma Mega Campanha de Promoções.

São 290 000 lugares a 29,99 euros apenas com duas premissas, comprar a viagem entre o dia 1 e dia 13 e voar a partir de 19 de Setembro até ao dia 29 de Março de 2017.

Os destinos são vários, as datas também.

É aproveitar. É P'ro menino e p'ra menina

Rotas do Mundo

Aqui me encontro

 

Curiosidades da Eslovénia

Setembro 01, 2016

bandeira eslovenia.jpg

Eslovénia é um país recente, datado de 1991, após ter pertencido à Jugoslávia, situado no leste Europeu, fazendo fronteira com Itália, Áustria, Croácia, Hungria e banhada pelo maravilhoso Mar Adriático.

Neste país pode encontrar paisagens das mais variadas, sendo que cada uma também varia muito ao longo das estações do ano. O país encontra-se separado em 4 grandes zonas: os Alpes, a Dinárica a Panónia e o Mediterrâneo. Assim pode subir à montanha mais alta denominada de Monte Troglav com 2864 metros, percorrer as vastas planícies e vinhas, as muitas florestas e parques naturais sendo que a Eslovénia é o terceiro país mais verde da Europa.

Este é também o país da Europa onde existe maior número de ursos selvagens, não se admire de os ver no seu caminho.

O clima é variado e com alguma amplitude térmica, variando dos -2ºC aos 21ºC.

Apenas com pouco mais de 2 milhões de habitantes, e um território considerável detém apenas cerca de 99 habitantes por Km2, sendo que 50% da população vive nas grandes cidades cidade como a capital Liubliana.

A maioria da população considera-se eslovena (85%), é maioritariamente cristã (existem cerca de 3000 igrejas) adotando como língua oficial o esloveno (uma das línguas eslavas).

Desde 2004 que pertence à União europeia tendo adotado o euro como moeda oficial. Nos últimos anos tem crescido socioeconomicamente estando no top 30 dos países com melhor índice de desenvolvimento humano.

A gastronomia é muito variedade composta por sopas “fartas”, pratos de carne (porco principalmente) ou peixe(rio e mar) e sobremesas originais. Os produtos mais utilizados são couve, feijão, batata, peixe, carne, uvas, azeitonas e trigo. Destacamos como pratos típicos Jota or bograc, Dirija zlikrofi –uma espécie de raviólis que podem ter diversos recheios, Potica e Prekmurska Gibanika – bolos famosos e originais.

As Rotas do Mundo passarão por Liubliana, Bled, Novo Mesto, Triglavski, Postojna, Vrhnika, Pivka e Illirska Bistrica.

Em breve as histórias, estórias e roteiros... segue tudo...

Rotas do Mundo

Aqui me encontro

#BalkanAdventure

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D