Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

Sintra com Caprichos de Goya

Julho 08, 2017

goya.jpg

 

No próximo dia 11 de Julho o MU.SA – museu das Artes de Sintra inaugura a exposição Caprichos de Goya, uma parceira entre a autarquia e a CulturSintra, que irá proporcionar aos seus visitantes um contacto com as 80 gravuras deste pintor espanhol.

 

Esta exposição mundial já esteve em Lisboa em 2015, aliás onde ocorreu a sua estreia, e conta com 80 gravuras que são um esboço crítico social. Estão nestas gravuras de Goya espelhada a sociedade espanhol oitocentista, desde o povo, ao clero e nobreza, refletem vícios e maus costumes. E passado mais de 200 anos continuem atuais.

 

Goya, para os que não conhecem foi um pintor da corte espanhola (1746-1828) fundador do movimento romântico e precursor do impressionismo, considerado um dos maiores mestres da pintura do século 18.

 

“Caprichos” nasceu durante um período de debilidade do pintor, onde este observou a sociedade que o rodeava e quis transpor para a ponta do pincel todos esses “podres”.

 

Para quem não conhece a obra, tem oportunidade de a ficar a conhecer em Sintra até ao próximo dia 10 de Setembro.

Queres Viajar sozinho? Para onde? Nós ajudamos

Julho 07, 2017

foto.jpg

 

Muitas pessoas não querem viajar sozinhas, muitas têm esse sonho e a muitas que têm esse desejo falta-lhes a coragem e saber qual o melhor local.

 

A Revista digital “Travel and Leisure” publicou uma noticia sobre sugestões de viagem para viajantes solitários, baseadas no seu signo, uma escolha da colaboradora Karen Ruffini.

 

Assim consoante a tua data de nascimento existem locais perfeitos para fazeres esta viagem. Poderá ser uma noticia idiota, eu acho que sim, mas seja como for serve sempre para sugerir destinos para uma escapadela ou grande viagem.

 

Capricórnio – Paxos, Grécia

Aquário – Marraquexe, Marrocos

Peixes – Bali, Indonésia

Carneiro – Melbourne, Austrália

Touro – St. Barts, Caraíbas

Gémeos – Toronto, Canadá

Caranguejo – Boracay, Filipinas

Leão – Reiquiavique, Islândia

Virgem – Antuérpia, Bélgica

Balança – Dubrovnik, Croácia

Escorpião – Quioto, Japão

Sagitário – Ilha Sul, Nova Zelândia

 

Nisto tudo, viajar é o mais importante.

Zoomarine Albufeira é TOP

Julho 06, 2017

zoomarine.jpg

Pela primeira vez um parque temático português entrou no top 10 da Europa e no Top 25 do Mundo.

 

Zoomarine Albufeira, no Algarve, acaba de ser eleito pelos utilizadores da Trip Advisor como o 8º melhor parque temático da Europa, e consequentemente o 24º melhor parque temático do Mundo.

 

Uma distinção que acredito deve ter orgulhado em primeiro lugar a administração do Zoomarine e os seus empregados e depois todos os habituais clientes e portugueses em geral.

 

Ora aí está uma ótima sugestão para este Verão. A quem não conhece é visitar o zoomarine Albufeira e a quem já conhece aconselha-se repetir experiência.

 

Boas férias.

 

Lista dos 10 melhores parques temáticos da Europa:

1 – Europa PArk – Alemanha

2 – Le Puy du Fou – França

3 – Tivoli Gardens – Dinamarca

4 – Disneyland Park – França

5 – Walt Disney studios PArk – França

6 – PortAventura Park – Espanha

7 – Minitalia Leolandia Park – Itália

8 – ZooMArine Algarve – Portugal

9 – Gardaland Resort – Itália

10 – Efteling - Holanda

Um dia em Trier (roteiro)

Julho 05, 2017

igreja.JPG

 

Trier ou Tréveris é uma cidade histórica alemã bem pertinho do Luxemburgo, ora não desperdiçamos a hipótese de conhecer mais um local para o nosso “curriculum” e então lá demos um saltinho de comboio do Luxemburgo até esta pouco conhecida cidade (o bilhete de comboio que parte regularmente da gare central do Luxemburgo custa 9€ e cobre ida e volta).

 

Esta cidade histórica, foi fundada no século I como “Augusta Treverorum”, supostamente pelo imperador romano Augusto. A cidade torna-se no século 3 e 4 como a sede do governo do império e foi capital da província Bélgica Prima.

 

Devido à enorme importância, séculos mais tarde, foi totalmente devastada pelas invasões germânicas, e Tréveris nunca mais voltou aos dias de então, chegando a ter no século 17 apenas 3600 habitantes. A partir dessa data a cidade tem vindo a aumentar os seus habitantes, reconstruíram os edifícios e mantiveram as ruínas romanas. Hoje vive essencialmente do turismo e da vinha (aqui os vinhos e espumantes ganham visibilidade).

Penso que este enquadramento histórico seja importante para conhecer esta cidade e os seus principais monumentos.

 

O nosso dia começou bem cedo na Porta Negra, aliás pela experiência detetada, aconselho vivamente a quem descobrir esta cidade que comece a sua exploração por este monumento. É um edifício central e a apenas 10 minutos a pé da Trier Gare.

 

Vamos então conhecer alguns dos pontos de maior interesse:

porta negra.JPG

Porta Negra ou Porta Nigra – é a porta romana que daria acesso à antiga cidade romana de Trier, hoje em dia dá acesso à zona comercial e pedestre. Esta porta, datada de 180 AC, é considerada como a porta romana mais bem preservada do mundo, e na minha opinião é uma construção formidável, um vestígio romano como há poucos.

 

Colégio de Simeão ou Simeonstift – bem pertinho da Porta Negra ergue-se este colégio, outrora residência de padres com duas capelas, hoje transformado no museu municipal com uma coleção riquíssima desde os períodos romanos, medievais e modernos.

house.JPG

Casa dos 3 Magos ou Deikönigenhaus – um edifício que outrora foi a câmara municipal medieval (1230), hoje alberga comércio, mas não podemos deixar passar a sua fachada com estilos medievais.

 

Ala Judaica ou Judengasse – um túnel leve-nos até À antiga área judaica. Existem registos judeus desde o século 2. Uma zona bonita e muito pitoresca. Depois do holocausto nazi a zona perdeu praticamente todos os judeus.

praca.JPG

Praça do Mercado ou Hauptmakt – denominada deste modo pois em 882 AC foi aqui instalada a primeira praça comercial após a destruição germânica. Ainda hoje se pode apreciar uma coluna da cruz (marktkreuz) que data dessa era. A praça do mercado ainda hoje alberga o mercado, mas o seu maior esplendor é sem dúvida os edifícios que a circulam como: a Casa de Hóspedes (Steipe datada do século 16), a Casa Vermelha (Rotes Haus de 1683), a Farmácia mais antiga da Alemanha (Löwenapotheke do século XIII); e a Fonte de São Pedro (Petrusbrunnen) datada de 1495 com esculturas de São Pedro e das Quatro Virtudes.

catedral.JPG

Catedral – incorpora os restos de uma antiga igreja do século IV (igreja de São Pedro). Trata-se da mais antiga igreja da Alemanha, erguida em diversas etapas —do século 11 ao 14. Tem a forma de basílica com nave tripla, dois coros, transepto e seis torres. Na parte interna estão peças magníficas, como o túmulo do enviado papal Ivo (1134) e o altar da sepultura do arcebispo Richard Von Greifenclau (1531).

igreja prin.JPG

Igreja de Nossa Senhora ou Liebfrauenkirche – Edificio Contíguo à catedral, foi construída em 1235 sendo um dos primeiros exemplos da arquitetura gótica alemã. A planta foi baseada na cruz grega e a torre acima da cúpula acentua a intersecção das naves. O portal oeste é ricamente decorado com ornamentos. Na parte interna observam-se magníficas relíquias, entre elas os frescos do século 15 pintados em doze colunas, que simbolizam os apostólos.

ala papalatina.JPG

palacio.JPG

Aula Palatina ou Konstantinsbasilika – Esta Basílica data de 310DC , é uma construção de tijolos com forma alongada e retangular. Mede 67 m de comprimento, 27,5 m de largura e 30 m de altura e exibe uma grandea abside semicircular, que abrigava o trono do imperador romano. No século 17, o Aula Palatina passou a fazer parte do recém construído Palácio Eleitoral (Kurfürstliches Palais) e a parede leste foi parcialmente demolida. O rei Frederico Guilherme IV da Prússia ordenou a reconstrução da Aula Palatina, que desde 1856 abriga a igreja protestante de São Salvador.

 

Termas imperiais ou Kaiserthermen – Construídas no início do século 4, durante o reinado de Cosntantino, elas eram o terceiro maior complexo de termas do mundo romano. As ruínas das paredes e fundações ainda exibem o desenho original. As paredes do caldário (a sala com piscina de água quente) são as mais preservadas. Depois vem o tepidário, as termas mornas. O espaçoso frigidário era usado para os banhos frios e a palestra, uma área externa para os exercícios, também era ampla. Outra parte remanescente é o sistema de aquecimento (hipocausto), no qual o ar era aquecido por fornalhas e conduzido por baixo do piso.

anfiteatro.JPG

Anfiteatro – Perto das termas imperiais ficam as ruínas do anfiteatro romano do século I, cenário de lutas de gladiadores e competições de animais. Toda a estrutura, constituída de uma arena elíptica e uma arquibancada, era cercada por uma muralha alta, dividida em andares por arcadas. No século, os habitantes de Tréveris usavam o anfiteatro como refúgio durante os frequentes ataques das tribos germânicas.

 

Termas de Bárbara – são mais um exemplo de termas romanas de Trier, datadas do século 2. Apesar de em ruínas ainda podemos vislumbrar o fabuloso sistema subterrâneo, as piscinas e o sistema de aquecimento.

ponte.JPG

Ponte Romana – situado na porta oeste da cidade ergue-se a ponte datada de 144AC

 

casa marx.JPG

Casa de Karl Marx – casa museu onde em 05 Maio de 1818 terá nascido Karl Marx, filósofo e pensador que escreveu “O Capital” e o “Manifestos Comunistas”. A casa além de museu sobre o próprio e um excelente exemplo de uma casa burguesa de 1727

 

Igreja são Paulo – Igreja católica datada de 1734 com tetos maravilhosamente pintados e um altas esculpido por Ferdinand Tietz.

 

Aproveita esta visita e delicia-te com um famoso prato alemão regado por um bom espumante da região. De certeza que vai ficar deliciado.

 

Acompanha toda esta aventura por Terras do Luxemburgo.

Algumas Dicas se Queres Viagens baratas?

Julho 04, 2017

dicas.jpg

 

Muitos perguntam como consigo viajar tanto, não sendo viajante profissional, e que devo ter muito dinheiro para fazer as viagens. Não sou rico e muitas das minhas viagens são acessíveis à maioria dos bolsos. Claro que ninguém oferece nada a ninguém e tem sempre custos.

 

Há gente que investe em carros, motas, aplicações financeiras, casas, eu decido investir em mim. E Viajar na minha opinião será sem dúvida o melhor investimento.Há viagens caras, há viagens baratas, e há formas de tornar viagens que à partida serão caras em mais baratas.

 

Se me perguntarem se sou adepto de “mochila às costas”, não sou, ora obviamente que deste modo pode encarecer uma viagem. No entanto, há cedências que temos de assumir caso queiramos gastar menos dinheiro.

 

Eu costumo utilizar a Edreams como motor de busca e pesquisa de voos, e costumo marcar por lá. Poderá haver mais baratos, eu sei que sim, mas este site oferece-me segurança e correta informação. Por vezes poderá utilizar apenas este site para consultar quem opera para que destino e depois visitar o site da própria companhia aérea para saber se existe alguma campanha em vigor, descontos ou preços mais acessíveis. Sendo cliente regular à comissões que não são pagas.

 

Para reservar hotéis costumo utilizar o motor de busca da booking para escolher o tipo de alojamento que vou ter, após escolher o alojamento X costumo fazer uma pesquisa para esse local X no motor de busca da Trivago (por vezes sugere-me contratar o hotel por outro site), no entanto olhe para tudo com atenção pois a diferença de preço apresentada diz respeito na maioria das vezes a algumas diferenças nos serviços prestados (exemplo: pequeno almoço incluído, tipologia de quarto, horário do check in e out, impostos municipais incluídos ou não, iva incluído ou não, possibilidade de cancelamento gratuito). Por norma depois de muita pesquisa acabo por reservar na booking, até por sendo membro genius tenho vantagens em check out tardio, wifi grátis ou parque de estacionamento gratuito.

 

Mas existem algumas dicas que poderá ter em conta para “achar” uma viagem barata:

 

1 – Destino: nunca fixe um destino que idealizou, ou seja, esteja aberto a conhecer um país ou cidade que até nunca pensou em visitar. Há locais que podem surpreender. Por isso quando pesquisar nas datas desejadas veja várias opções

 

2 - Evitar Datas especiais: Natal, Páscoa, Carnaval, feriados e meses tradicionalmente de férias são datas em que por norma os preços sobem. Por isso é de evitar estas datas. Caso não consiga alterar as suas férias, pense no dia que vai partir.

 

3 - Fins semana: são de evitar partidas às sexta-feiras e sábados de manhã. Tente simular uma saída à 2ª ou 3ª feira e vai confirmar a diferença de preços.

 

4 - Escalas de voo: Ao efetuar um voo poderá fazê-lo direto (caso exista) para o seu destino, ou com escalas. Não limite a sua viagem ao voo direto e desta forma poderá ver reduzir o preço. O único contra será o tempo que demorará na escala, mas o preço poderá compensar.

 

5 - Grandes aeroportos: voar para grandes aeroportos (no caso em que as cidades possuam mais que um) é o maior erro. Seja flexível e voe para um aeroporto secundário.

 

6 – Horário: Por norma os voos de madrugada e noite (primeiro e últimos) serão voos mais baratos. Muita gente não quer estar no aeroporto as 05H00 ou regressar de madrugada.

 

7 – Descontos: Existem muitos descontos que podem utilizar nas mais diversas plataformas. Por exemplo à data que escrevo este texto a Edreams dá um desconto de 30€ numa reserva.

 

8 - Reservar antecipadamente: Reservar com alguma antecedência possibilita arranjar preços mais baratos, pois ao diminuir o numero de lugares disponíveis no voo estes aumentam o preço. No entanto, nem sempre é assim, caso um voo esteja com muitos lugares por preencher podem existir diminuição de preços em reserva de ultima hora. Mas na maioria das vezes reservar antecipadamente é a melhor opção (3 meses será o indicado).

 

9 - Companhias aéreas: Não se restinga a uma ou duas companhias aéreas. Há imensas companhias low cost a operar em Portugal que são uma ótima escolha e com bom serviço. No entanto, companhias regulares podem prestar mais serviços por uma diferença diminuta.

 

10 – Mala: Voos mais baratos sejam em que tipos de companhia for limitam a bagagem de mão (por norma 1 bagagem até 10kg + 1 saco ou mala pequena), por isso tenha isso em atenção. Se precisar de levar muita bagagem tenha logo isso em conta à partida, é possível adicionar bagagem posteriormente através da própria companhia aérea (reserva online sempre mais barata do que no ato do check in).

 

11 – Atenção às condições: É preciso ter sempre em conta todas as condições dos voos: bagagem incluída, documentação necessária impressa, check in online obrigatório, etc...

 

12 – Escolha de alojamento: Aqui será difícil ajudar pois esta questão depende mais do tipo de viajante que costumas ser ou te queres tornar. Havendo exigências encarece o preço. Quanto mais cedências mais baixo o preço se tornará.

Exemplos que tornam o alojamento mais caro:

- Tipologia de Alojamento (exemplo Hostel ou apartamento vs Hotel)

- Categoria de alojamento (estrelas)

- Distância (se mais perto ou mais longe da zona histórica)

- Refeições incluídas

 

 

Espero que tenha algo de útil para vocês.

E Boa Viagem

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D