Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

A Visita - Noite de Cinema com Terror

Janeiro 14, 2016

Presentation1.jpg

 

Ontem foi noite de cinema em casa e para variar a escolha recaiu num filme de terror e suspense. Não é o meu género de filme, mas se a qualidade for boa vale a pena, neste caso...

Dois adolescentes, Rebecca e Tyler, chegam pela primeira vez à casa dos seus avós maternos para passarem uma semana que até então desconheciam.

Os jovens são recebidos com grande carinho por parte dos mais idosos e sentem-se desde logo em casa, ficam apenas surpreendidos que a partir das 21H30 não podem sair do quarto.

A curiosidade é mais forte e logo na primeira noite saem do quarto, até que começam a notar algo de muito estranho nos avós. Durante a noite algo de inquietante assombra aquela casa e transforma os adultos.

Depois tudo começa num crescente, os sustos, o medo, até sentirem que têm a sua própria vida em risco. Sem forma de a sua mãe os poder resgatar terão de encontrar uma salvação à sua maneira.

Um filme de terror com alguns rasgos de comédia misturada.

Sendo um argumento de M. Night Shyamalan (argumentista de Sexto Sentido e A Vila) esperava mais, é um filme que não assusta, que não assombra, que não nos faz ir para cama arrepiados. Enfim na minha opinião uma tentativa falhada.

Este filme de 2015 conta com interpretações de Olivia Dejonge, Ex Oxenbould, Deanna Dunagan e Peter McRobbie, nenhuma surpreendente, todas muito numa linha ténue.

Golden Globes - cerimónia e vencedores

Janeiro 11, 2016

 

simbolos secunsdarios cor-03.jpg

 

Decorreu na madrugada de hoje, cerca das 02 da manhã mais uma cerimónia dos globos de Ouro, os verdadeiros, Golden Globes, que premeiam a arte cinematográfica e televisiva que se faz nos Estados unidos e no mundo.

Este ano mais uma vez Ricky Gervais, foi o grande anfitrião da noite recebendo as milhares de estrelas de Hollywood, e obviamente criticando algumas delas. Com o seu jeito humorístico britânico a emissão decorreu brilhantemente.

Quanto aos prémios, esses não tiveram muitas surpresas, dividindo-se essencialmente entre o filme “Steve Jobs”, “The Revenant” e “Perdido em Marte”.

Nos prémios de televisão a divisão das estatuetas foram mais vastas quase não repetindo globo por nenhuma série ou telefilme aqui um pouco mais de surpresa.

 

Lista de Prémios de Cinema:

Melhor Filme Dramático – The Revenant

Melhor Filme de Comédia ou Musical – Perdido em Marte

Melhor Realizador – Alejandro Iñárritu com The Revenant

Melhor Actor Dramático – Leonardo Di Caprio com The Revenant

Melhor Actor Comédia ou Musical – Matt Damon com Perdido em Marte

Melhor Actriz Dramática – Brie Larson com Room

Melhor Actriz Comédia ou Musical – Jennifer Lawrence com Joy

Melhor Actor Secundário – Sylvester Stallone com Creed

Melhor Actriz Secundária – Kate Winslet com Steve Jobs

Melhor Argumento – Steve Jobs

Melhor filme Estrangeiro – Filho de Saul da Hungria

Melhor Filme de Animação – Divertida-mente

Melhor Música Original – 007 Spectre

 

Portanto poucas surpresas, e poucas guerras para os Óscares que já não faltam muito tempo para chegar. Nas categorias principais aposto para Melhor Filme e melhor realizador The Revenant, melhor ator Matt Damon (pois Di Caprio parece ser pessoa não grata na academia apesar de já merecer uma estatueta) e melhor atriz para Jennifer Lawrence.

 

Na categoria de televisão os prémios foram distribuídos do seguinte modo:

Melhor Série Dramática – Mr. Robot

Melhor Série de Comédia ou musical – Mozart in the Jungle

Melhor Telefilme ou míni-série – Wolf Hall

Melhor Actor Dramático – Jon Hamm en Mad Men

Melhor Actor Comédia – Gael Garcia Bernal em Mozart in the Jungle

Melhor Actor Telefilme ou míni-série – Oscar Isaac em Show me a Hero

Melhor Actriz Dramática – Taraji P. Henson em Empire

Melhor Actriz Comédia – Rachel Bloom em Crazy Ex Girlfriend

Melhor Actriz Telefilme ou míni-série – Lady Gaga em em American Horror Story: hotel

Umas filhós da Avó Elisa com grande significado

Dezembro 23, 2015

 

Hoje entra-se verdadeiramente na contagem decrescente para o Natal. Em muitas casas já se vão começar os preparativos para a Ceia, o bacalhau de molho, o recheio dos perus, os bolos a esta hora já devem estar no forno e a massa dos sonhos e das filhós a levedar.

Para mim e para a minha família este ano as filhós têm outro significado.

No dia dos meus anos, recebi uma prendinha especial cedida gentilmente pelo museu das comunicações, um vídeo de arquivo de um antigo anúncio publicitário dos CTT que anunciava o novo código postal.

Mas que tem isso de tão especial?

Esse anúncio mesmo muito antigo foi filmado na minha terra Natal, ainda aparece a famosa rua do beco com casebres e caminhos enlameados, a Tia Adelina a preparar a venda para ir para Cascais e a minha saudosa avó materna a amassar umas filhós que supostamente iria enviar para um filho com a ajuda do código postal.

Este filme que andava desaparecido há muitos anos finalmente chegou à nossa posse.

Este ano, a minha Avó Elisa que já partiu também há muitos anos, vai voltar a amassar filhós para nós.

A Hora do Lobo

Dezembro 19, 2015

Apresentação rotas mundo 1 foto Hor - Cópia.jpg

 

Decorria a Revolução Social e Cultural dos anos 60 na China, segundo ideologias do grande mestre Mao Tsé –Tung, quando um jovem estudante chinês, natural de Beijing é enviado para os confins da Mongólia.

O seu objetivo é apenas um o de “civilizar” e educar os povos nómadas das estepes da Mongólia. Chen Zhen, o jovem educador, desde cedo se habitua às lides daqueles povo que percorre milhares de milhas em busca de alimento, pastando os seus rebanhos de ovelhas e cavalos semi-selvagens.

Ali perdido nas estepes, só acompanhado do seu cavalo, da  natureza e dos seus novos amigos mongóis, o jovem apercebe-se da vida de um animal inteligente, organizado e que domina as planícies – o lobo.

Segundo uma orientação do governo, terá que se acabar com os lobos de forma a que estes possibilitem mais alimentação, não nos esquecendo que nesta década a China viveu a Grande Fome, onde morreram mais de 30 milhões de pessoas. Chen zhen não acredita que aquilo vá salvar o povo chinês, e contrariamente às ordens recebidas decide resgatar uma cria de lobo e criá-lo .

O filme claramente que não assenta numa fabulosa história de uma amizade entre um lobo e um homem. Nada disso, o filme surge quase como um documentário que retrata a Mongólia dos anos 60, os povos nómadas e o bicho Lobo.

O filme com realização de Jean-Jacques Annaud, que conta também com Sete anos no tibete no seu curriculum, montou muito bem a história que se baseou no livro Wolf Totem de Jian Rong.  Na minha opinião, a imagem está deslumbrante e com uma edição muito documental que atrai os espetadores para aquela realidade.

Com um elenco totalmente de origem chinesa terá de se destacar Wiliam Feng, Shawn Dou, Ankhnyam Ragchaa e Ba Sem.

Curiosidade: Jean-Jacques Annaud ao realizar o filme “sete anos no tibete” com Brad Pitt, colheu do estado chinês muitas inimizades bem como alguns inimigos públicos que o perseguiram. Até na China a liberdade cultural parece estar a chegar. Com a Hora do Lobo existiu uma grande participação dos estúdios estatais chineses na rodagem, bem como permitiram uma livre montagem final. Sinais de novos tempos e de verdadeira liberdade.

Hunger Games o final

Dezembro 09, 2015

Ontem foi noite de cinema para assistir ao quarto e último filme da série The Hunger Games - Os Jogos da Fome. Na sequência dos anteriores filmes, a revolta está instalada em Panem, a guerra e destruição lançada pelo Presidente Snow sobre os 13 distritos parece não acalmar. Do lado dos rebeldes, o mimo gaio consegue através da motivação, da luta, coragem e propaganda unificar todos os distritos na luta contra o Capitólio. Katniss

images.jpg

Everdeen é o mimo gaio, é a forma que os rebeldes encontraram de salvar a sua ideologia. No final, isso é melhor não contar. O filme é bastante válido para os fãs, como eu, mas desilude. Para quem não leu os livros estariamos à espera de um final surpreendente. Assim parece que todos os ideais que o filme quer transmitir morrem num short case de comédia romântica.

transferir (1).jpg

 

Grande desempenho dos atores principais Jennifer Lawrence, Josh Hutcherson e Liam Hemsworth.

O filme de Francis Lawrence perde brilho, cor e efeitos visuais face aos anteriores. O argumento também apresenta mais falhas do que os filmes antecessores, vale a ideia original de Suzanne Collins.

Dia de voltar a ser criança

Dezembro 08, 2015

Hoje, foi dia de ir até ao Circo do Coliseu dos Recreios de Lisboa. Para mim circo não é sinónimo de natal. Para mim é dia de sonhar, de voltar a ser criança sentado ao colo dos meus pais a ver a pista repleta de coe e magia. É sinónimo de recordar aquelas que jà partiram mas que me faziam companhia em frente à televisão para ver o Circo de Montecarlo. Criança eterna, sonhos mil, felicidade simples sem pinturas de palhaço.

ThinInspiration - O Culto da Fome

Novembro 27, 2015

M.jpg

 

Uma rapariga de 17 anos acha-se feia e gorda, vê que o seu peso perturba a sua evolução como dançarina de contemporâneo, por isso decide mudar a sua vida e começa a aceder a um site que presta um culto extremo à ANA – anorexia.

A partir daí começa com uma primeira dieta – a dieta das 500 calorias, depois começa a descer ao mesmo tempo que o seu peso também desce, a mudança começa a ser notória, tanto a nível físico onde os ossos começam a ficar bem vincados à pele, como a nível psicológico que altera o seu perfil para alguém maníaco, louco, doente.

Um filme que pode ser educativo para alertar para esta temática dos distúrbios alimentares, mas também poderá ser um precursor para quem já sofre de algum distúrbio e vê aqui uma maneira louca de aumentar/ crescer a sua doença.

Vale a pena pela excelente interpretação da personagem principal desempenhada pela jovem atriz Laura wiggins e pela boa realização de Tara Miele.

Eu vou... Queen & Adam Lambert no Rock in Rio

Novembro 10, 2015

Já se conhece um nome para a abertura do Rock in Rio Lisboa de 2016, no dia 30 de Maio, e é nada mais nada menos que os Queen acompanhados pela estrondosa voz de Adam Lambert.

Sou fã de Queen, adoro todas as músicas das mais rockeiras às baladas. é verdade que Adam não é o Freddie mas cantam que se desunha.

Este encontro brilhou nos palcos do Rock in rio este ano no Brasil e a Roberta Medina conseguiu trazê-los a Portugal.

Por aquilo que vi vai ser brutal e por isso Rock in Rio ... Eu Vou.

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D