Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

Czestochowa - Virgem negra de Jasna Góra

Dezembro 21, 2015

PhotoGrid_1450710341745.jpg

 

Situada a cerca de 200 quilómetros de Cracóvia, bem no centro da bela Polónia, encontra-se a cidade de Czestochowa, a capital religiosa deste país conhecida como a Terra da Virgem Negra.

No alto do Monte Claro, situa-se o mosteiro de Jasna Góra onde podemos encontrar o tão famoso quadro da Nossa Senhora de Czestochowa. Esta cidade é também conhecida como uma das cidades gémeas de Fátima (Portugal), Loreto (Itália) ou Lourdes (França).

Por coincidência, ou talvez não, no dia em que visitámos esta cidade foi no fim-de-semana das festas da padroeira, e conseguimos assistir à fé daqueles polacos que percorreram o país para assistir às celebrações e eucaristia. Eucaristia que me fez despender de um pouco mais de tempo do que estava à espera, assistindo aquela grandiosa celebração, comungando e rezando.

A história da virgem remonta a 1655, que ao que parece foi a responsável pelo milagre da defesa do mosteiro aquando do ataque dos povos nórdicos, quando apenas 70 monges e mais 80 pessoas conseguiram evitar a invasão de um exército sueco de 4 mil homens por mais de 40 dias. Desde aí o rei entregou a sua coroa à virgem e esta passou a ser a padroeira de toda a Polónia.

A religião católica representa cerca de 86% do povo polaco, daí a grande força da virgem. A igreja é bastante respeitada e exerce ainda nos dias que decorrem grande influência social e política. Neste dia apercebi-me que estava a entrar num país profundamente católico e que respeitava muito as ordens da igreja, sensação que fui confirmando nos restantes dias pela Polónia, com as igrejas sempre cheias quer em tempo de missas ou apenas com fieis a prestarem as suas preces.

A cidade não é bonita mas carrega com ela uma força invulgar, aconselho todos os católicos a visitarem Czestochowa. Se visitarem entre deslocações têm de ter atenção ao tempo que querem despender, pois as estradas não são como as nossas e 200 quilómetros na Polónia parecem ser intermináveis.

Outros textos em breve através do TAG: Rotas na Polónia

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D