Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

Recantos de uma Serra Mágica

Novembro 21, 2015

A beleza é algo difícil de explicar, pois o que para mim é belo pode causar outro qualquer sentimento a um indíviduo diferente. Mas uma coisa tenho a certeza, a minha Serra de Sintra é mágica, acordar cedo e ver o levantar do nevoeiro destapar a Serra e o Mar é milagroso.

IMG_20151121_124244.jpg

Aqui neste pequeno recanto do país, onde a terra acaba e o mar começa, podemos encontrar recantos mágicos, calmos, lindos, românticos ou melancólicos.

Do abrir da minha janela vejo ao fundo o mar, e aquele imponente farol que outrora gritava aos barcos que passavam ao largo da costa que aqui era a terra da magia.

IMG_20151121_123114.jpg

Os rochedos ingremes protegem-nos das bravuras do Atlântico e no sopé da serra, as altas e centenárias árvores, fazem com que este recanto mergulhe na sombra da magia.

IMG_20151121_124014.jpg

Por entre elas, os raios de sol brilham, o musgo e as heras crescem num enrolado sem fim, as pedras choram gotas de orvalho, e as fontes riem ao som do cair da água.

IMG_20151121_124702.jpg

Nos lagos podemos imaginar o nascer das ninfas e deusas de outros tempos, as palavras não precisam de ecoar, basta o silêncio, o mágico silêncio.

IMG_20151121_125743.jpg

Aqui na Serra de Sintra, por entre o verde emergem castelos, conventos, ermidas. Os mouros por aqui viveram, os reis por aqui reinaram, os deuses por aqui permanecem mantendo a vitalidade da natureza. Até Baco, ou outro quaslquer deus, deu o doce às uvas para nascer o vinho de Colares.

IMG_20151121_130505.jpg

É deste recanto de sonho que parto nas rotas do mundo, que voo e conheço outras culturas, que saio para o reboliço de uma cidade, que gozo por ver tudo e aprender mais. Mas este desejo de partir está sempre assente no gosto de regressar.

Uma familia de surdos - La Famille Bélier

Agosto 21, 2015

cartaz.jpg

Numa França Rural, onde predominam as muitas feiras de produtos frescos, as quintas e os campos agrícolas vive uma família especial – a família Bélier – uma família composta por 3 pessoas surdas (pai, mãe e filho mais novo) e uma cantora fenomenal (a filha).

Paula Bélier, é essa jovem que se vê numa luta diária constante entre os seus afazeres de estudante e a vida árdua de agricultora, criadora de gado, vendedora de queijos e a sua maior profissão do mundo intérprete de língua gestual.

A história é simples, e podemos caracterizar quase como uma espécie de comédia romântica. Há imensos filmes americanos assim, a jovem com um talento enorme, que luta contra a sua família para seguir o sonho e entrar numa escola de artes famosa e conceituada. A receita é já muito utilizada, mas neste filme a diferença passa exatamente pelo antagonismo entre a pessoa que canta e a sua família que é surda e quase que está isolada do mundo devido à sua deficiência.

É essa abordagem que valorizo no filme, acho que está muito bem conseguido. Não sei se realmente os atores estão a falar uma língua gestual francesa perfeita, pois não a entendo, mas seja como for a abordagem está estupenda.

Saliento 3 momentos marcantes que me arrepiaram: O concerto de Paula no coro da escola, em que o realizador nos dá a perspetiva dos surdos, em que vemos a imagem e não ouvimos absolutamente nada; a cena em que o pai se encosta ao peito da filha para “ouvir” a canção; e a cena final em que a canção maravilhosa que Paula interpreta é acompanhada de língua gestual.

A escolha da banda sonora, repleta de músicas francesas clássicas é fabuloso, a interpretação dos atores vai extremamente bem de destacar Karia Viard – que desempenha Gigi a mãe surda muito acelerada, vaidosa e até um pouco louca, François Damiend – que desempenha Rodolph, e obviamente Louane Emerc que tem uma voz fabulosa e que desempenha muito bem este primeiro papel no cinema.

paula.jpg

 

É um filme simples, provavelmente para muitos, dispensável, mas este filme trouxe-me muitas recordações boas, inclusive uma das minhas primeiras reportagens na RTP2 exatamente sobre esta temática: Música para surdos.

Pelo menos que este filme sirva para acabar com a discriminação que ainda existe para a comunidade surda.

Slide4.JPG

 

Novidades: Conhecer Portugal

Julho 15, 2015

conhecer portugal.jpg

 

Hoje trago novidades.

A partir de sábado e durante os próximos 2 meses O Rotas do Mundo vai tentar dar a conhecer um pouco de Portugal.

Para ser um viajante, um descobridor ou meramente um turista é importante antes de conhecer o que está longe, conhecer primeiro aquilo que o rodeia. Na minha opinião só assim poderá comparar, analisar, perceber e compreender outras culturas.

Deste modo, a minha promessa é apenas o de tentar reunir o máximo de informação útil e dar a conhecer um pouco do nosso país.

O meu objetivo será o de uma zona por semana, mas quanto a isto não quero prometer, pois posso não conseguir cumprir. Espero descobrir algum local mágico aqui no nosso belo país que ainda me seja desconhecido e que deslumbre os nossos leitores.

Vou tentar abordar temas como: paisagens, gastronomia local, artesanato, tradições, histórias, monumentos, e muito mais 

Claro está que todos os comentários vão também ajudar a inaltecer as minhas descobertas.

Portanto já no próximo fim de semana começará Conhecer Portugal - A Minha Terra.

 

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D