Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

A Hora do Lobo

Dezembro 19, 2015

Apresentação rotas mundo 1 foto Hor - Cópia.jpg

 

Decorria a Revolução Social e Cultural dos anos 60 na China, segundo ideologias do grande mestre Mao Tsé –Tung, quando um jovem estudante chinês, natural de Beijing é enviado para os confins da Mongólia.

O seu objetivo é apenas um o de “civilizar” e educar os povos nómadas das estepes da Mongólia. Chen Zhen, o jovem educador, desde cedo se habitua às lides daqueles povo que percorre milhares de milhas em busca de alimento, pastando os seus rebanhos de ovelhas e cavalos semi-selvagens.

Ali perdido nas estepes, só acompanhado do seu cavalo, da  natureza e dos seus novos amigos mongóis, o jovem apercebe-se da vida de um animal inteligente, organizado e que domina as planícies – o lobo.

Segundo uma orientação do governo, terá que se acabar com os lobos de forma a que estes possibilitem mais alimentação, não nos esquecendo que nesta década a China viveu a Grande Fome, onde morreram mais de 30 milhões de pessoas. Chen zhen não acredita que aquilo vá salvar o povo chinês, e contrariamente às ordens recebidas decide resgatar uma cria de lobo e criá-lo .

O filme claramente que não assenta numa fabulosa história de uma amizade entre um lobo e um homem. Nada disso, o filme surge quase como um documentário que retrata a Mongólia dos anos 60, os povos nómadas e o bicho Lobo.

O filme com realização de Jean-Jacques Annaud, que conta também com Sete anos no tibete no seu curriculum, montou muito bem a história que se baseou no livro Wolf Totem de Jian Rong.  Na minha opinião, a imagem está deslumbrante e com uma edição muito documental que atrai os espetadores para aquela realidade.

Com um elenco totalmente de origem chinesa terá de se destacar Wiliam Feng, Shawn Dou, Ankhnyam Ragchaa e Ba Sem.

Curiosidade: Jean-Jacques Annaud ao realizar o filme “sete anos no tibete” com Brad Pitt, colheu do estado chinês muitas inimizades bem como alguns inimigos públicos que o perseguiram. Até na China a liberdade cultural parece estar a chegar. Com a Hora do Lobo existiu uma grande participação dos estúdios estatais chineses na rodagem, bem como permitiram uma livre montagem final. Sinais de novos tempos e de verdadeira liberdade.

O som de Cristal - estreou valentemente

Setembro 02, 2015

quim.jpg

 

Tenho andado ausente e por isso hoje falo de algo que já estreou há 5 dias.

O programa Som de Cristal da SIC com Bruno Nogueira e um leque de artistas de música popular portuguesa, ou mais conhecido por Pimba.

Depois do Bruno ter estado dois anos a percorrer o país com Manuela Azevedo (clã) no seu espetáculo “deixem o Pimba em paz” onde estes 2 deram uma nova roupagem a musicas consideradas pimbas de vários artistas, agora este humorista decidiu criar um programa onde seguem a vida dos artistas populares.

Em jeito de documentário Bruno Nogueira acompanha a vida, os bastidores, e aquilo que ninguém conhece da vida de alguns ar4tistas populares portugueses.

O primeiro programa estreou no sábado e contou com o protagonismo do mestre da culinária, Quim Barreiros. Vi o programa e adorei quer o conceito quer o Quim.

Em jeito divertido e cómico, o programa não está feito para ridicularizar o artista, o que seria fácil e óbvio. Chama-se a isto inteligência no humor.

saul.jpg

 

Parabéns à SIC por apostar em algo diferente e ao Bruno e seus convidados por mostrar um Portugal popular, que tantas críticas tem mas que na realidade toda a gente acaba por gostar.

Artistas como Roberto Leal, Marante, ágata, Romana e o pequeno Saul vão abrilhantar os próximos episódios desta temporada.

Slide4.JPG

 

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D