Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

Guia Viagem Miami: Little Havana

Fevereiro 22, 2018

little havna.jpg

Miami é tudo aquilo que imaginas e depois tem tudo o resto que já podes ter ouvido falar mas não reflecte em nada a realidade.

Na minha viagem a Miami uma dessas experiências foi a visita a Little Havanna, um dos bairros desta majestosa cidade que nos remete como o próprio nome indica para Cuba.

 

Ora Miami, aqui tão perto desse país latino, é há muitos anos um dos pontos pontos principais de destino de emigrantes cubanos para os Estados unidos. Em toda a cidade se ouve o espanhol, e há em muitos locais que nem sabem o que é inglês, ora pois é claro que a unfiicação deste povo cubano num mesmo bairro o tornou na Havana americana.

 

Aqui são muitos os cafés, restaurantes, bancas de rua, lojas de charutos que nos transportam até à capital cubana. Nas ruas a música latina faz com que os pés queiram dançar, e a anca remexer.

 

No parque homens fumando os seus charutos jogam dominó, as mulheres conversam sentadas nas escadas de entrada dos prédios, os mercados trazem produtos tropicais e muitos montam os seus negócios paralelos: oficinas, carpintarias. Ali mesmo no meio da rua se abre um capot de um automóvel e se improvisa uma oficina de mecânica.

 

A segurança não é a maior mas com tranquilidade e sem ostentar consegues percorrer o bairro sem te levantarem problemas.

 

Little Havana é sem dúvida um local a visitares se passares em Miami.

 

Atrações de Topo

Máximo Gómez Park: Um parque que nos vai relembrar de Havana e de velha Cuba com os seus velhotes a jogar dominó e xadrez e um cheiro a charutos no ar.

 

Pontos de Interesse

Bay of Pigs Museum & Library : Um pequeno museu que serve de memorial do desembarque na baia dos porcos.

 

Cuban Ocho: Uma galeria de arte que funciona como centro comunitário e centro de pesquisa de arte cubana. O interior relembra um antigo bar de charutos de Havana.

 

Cuban Memorials: Os dois quarteirões que circula na rua SW13 Avenue estão repletos de monumentos a grandes heróis cubanos, incluindo os que morreram a lutar contra Fidel. Os memoriais incluem a Eternal Torch in honnor of the 2506th Brigade (baia dos Porcos), a Cuba Brass Relief (mapa) e a Estátua da “Madonna”.

 

Little Havana Art District: Uma zona repleta de galerias de arte, não comparável em dimensão com Wynwood mas um centro onde poderemos ver arte latina.

 

Tower Theatre: Edificio histórico renovado em 1926 que foi um teatro e com uma fachada art deco. Este atual cinema é um dos centros culturais de Little Havana com exibição de filmes de linga espanhola.

 

Sugestões

Se por acaso estás a pensar petiscar algumas iguarias cubanas ou beber uns mojitos aconselho-te 3 restaurantes de qualidade: El Cristo, El Rey de Las Fritas e Los Pinarenos Fruteria.

E claro se por acaso quiseres sair à noite vai à Casa Panzo Bar. Aproveita e Diverte-te.

 

Se queres saber mais locais a visitar em Miami espereita aqui.

Guia Viagem Miami: South Beach

Fevereiro 21, 2018

miami trip.JPG

 

Miami são tantas coisas, mas para a maioria dos visitantes é glamour urbano. Chamam a Miami a cidade mágica e na realidade é. Miami são tantas coisas ... maravilhosas.

 

A maioria dos pontos de interesse, está concentrado em zonas ou bairros. O mais visitado é South Beach com as suas noites loucas, praias belas e quentes e hotéis art deco. Mas poderemos encontrar história e museus na baixa da cidade: Downtown, galerias de arte em Wynwood e no Design District , Hoteis com história em Mid-Beach, praias em Key Biscane e calma em Coral Gables e Coconut Grove.

 

Começamos então por explorar talvez dos bairros mais populares de Miami a famosa South Beach. Devido à sua extensão dividiremos South beach em duas zonas do sul à rua 11 e desta até à rua 23. Mas south Beacho ainda se vai alongar a norte num próximo post.

 

South Beach 11th to 23th street

 

Atrações de Topo

Art Deco District: Bairro central de South Beach que inicia na rua 18th e pelo sul atravessando a Ocean Drive e a Collins Avenue. O seu património arquitetónico de estilo Art Deco que se encontra preservado e nos transforma para outras eras.

 

Principais vestigios de Art Deco no bairro

Deco clássica: poderemos encontrar nas fachadas do Cardozo Hotel, Carlyle Hotel, Essex House Hotel, Na estação de nadadores salvadores, na Jerry’s Famous Deli – Edificio da Hoffman Cafeteria.

 

Elementos Deco estão presentes em inúmeros locais mas os mais emblemáticos serão o Crescent Hotel, Waldorf towers Hotel, colony Hotel Cavalier south Beach e Wolfsonian-FIU.

 

Depois temos modernos hotéis que adotaram este estilo arquitectónico, sendo eles Hotel Victor, Delano Hotel, Tides, James Royal Palm Hotel e o Surfcomber.

 

Pontos de Interesse:

1111 Lincoln road: Este edifício, Nº1111, situado na Rua Lincoln é um dos parques de estacionamento mais estranho existente.

 

Art Center/ south Florida: È um centro de arte, ou galeria que alberga alguns dos mais promissores artistas da atualidade

 

Bass Museum of Art: O melhor museu de arte em Miami, desenhado em 1930 por Russell Pancoast é um museu com visão futurista mas alberga pintura desde o século 16. O Bass forma assim o triangulo das artes com o Ballet de Miami e a Biblioteca regional, tudo isto no Collins Park Cultural Center

 

Española Way Promenade: Um verdadeiro passeio espanhol com a sua arquitetura autêntica, chão de terracota e arquitetura típica. Há tarde aos fins de semana alberga o mercado de artesanato.

 

Holocaust Memorial: Um momumento que honra as vitimas judias do holocaust Nazi.

 

Lincoln road Mall: Basicamente esta rua é um centro comercial ao ar livre, mas além de compras esta rua serve para apreciar e ser apreciado.

 

Miami Beach Botanic Garden: Jardim botânico de Miami onde o paraíso secreto se esconde na selva urbana

 

Miami Beach Community Church: Uma igreja de estilo espanhol, simples, modesta que contrasta com os edifícios que a rodeiam. Os Vitrais são o ponto forte desta igreja.

 

New World Center: O maior edificio de espetáculos da cidade.

 

Posto correios: Edifício histórico de 1937 que foi o primeiro projeto de renovação nos anos 70.

 

Tempel Emanu-el: Uma sinagoga um pouco invulgar situado no coração de South Beach

 

World Erotic Art museum: O museu que retrata a história erótica do mundo com uma coleção de mais de 5000 peças de onde se destaca o grande “Gold Dick”.

beach.jpg

 

South Beach 1st to 11th Street

 

Pontos de Interesse:

Woldonian FIU: O museu do design que leva-te ao contexto da cidade. Importante para perceber os movimentos artísticos da cidade.

 

Jewish Museum of Florida: Localizado na mais antiga sinagoga de Miami, este pequeno museu gratuito conta a história dos judeus em Miami Beach.

 

Ocean Drive: A Avenida junto ao mar mais famosa de Miami, um dos pontos principais para hoteis e restaurants de qualidade, uma avenida repleta de carros clássicos, teosterona, mulheres vistosas, celebridades e turistas.

 

Promenade: Um “calçadão” em frente à praia que se encontra a Ocean Drive a Praia e que sextende desde a rua 5th até à 15th. Com uma linha de palmeiras e brisa marinha o que faz dela um ótimo local para relaxar, passear os cães, skaters.

 

South Pointe Park: Um parque publico na ponta sul de South Beach.

 

Acompanha toda a viagem em Trip Miami

 

 

 

 

Viva Trump! Viva United States!

Novembro 09, 2016

TRUMP.jpg

 

Apesar de não ser a pessoa mais indicada para o cargo de presidente do mundo, sim para mim esta eleição é mesmo isso, não posso deixar de o felicitar e de ter tido guerrilha para combater uma campanha mundial contra ele.

Neste momento, está provado que os americanos querem uma mudança na política nacional e mundial, expressaram-se e deram uma abada à Hillary. Mas o mundo está repleto de medo, reuniões de emergência na China, as bolsas em queda, etc...

Mas Trump não é nenhum bicho papão. OK, tem políticas nacionalistas e protecionistas mas isso não quer dizer racistas.

As grandes promessas de Trump passavam pelo controlo da imigração mais apertado, pela deportação de imigrantes clandestinos, acabar com lobbies da casa brancas e dos políticos, baixar impostos, medidas protecionistas no comércio externo, retirar o exercito americano das bases de proteção dos aliados, acabar com o Daesh, acabar com a política verde, acabar com o obamacare.

Ora não vejo nenhum drama nestas promessas eleitorais, Trump sabe o valor do seu país e quer estimular a própria economia nacional em deterioramento das importações da Europa e principalmente da Ásia, quer acabar com imigrantes ilegais que fazem com que os ordenados de certas profissões afastem os nativos desses postos de trabalho.

Quer um controlo na fronteira (OK o muro parece demasiado) mas a Europa toda não faz o mesmo ao pagar à Turquia para manter longe os refugiados, quer acabar com as políticas verdes de emissão de gases (pelo menos diz o que pensa em vez de dissimular e alterar motores como a Alemanha e a Volkswagen).

Quer que o mundo pague pela proteção militar dos EUA, mas será assim tão absurdo? Não me parece. Quer acabar com a força do terrorismo com bombas. Parece mal? Talvez, mas as palavras e o diálogo acho que não resulta.

Enfim, daqui a uns tempos veremos se esta escolha é assim tão prejudicial para os americanos. Quanto ao mundo se isto for prejudicial só demonstra a dependência deste país, e nesse caso as más políticas que existem há diversos anos e que fizeram com que tivéssemos chegado ao estado em que estamos.

Até lá, calma na maionese, não podemos também esquecer que este homem é um Showman portanto nem tudo o que parece é!

Seja como for... God Bless America...

logo com assinatura cor.jpg

 

Vai um jantar tipicamente americano?

Agosto 10, 2016

Ribs & Company, é um restaurante aberto no final do ano passado que trouxe a Portugal, mais propriamente às colinas do Cruzeiro em Odivelas, a um passo de Lisboa, o conceito do barbecue texano/ americano.

Slide4.JPG

De uma lista variada de entradas poderá optar pelos famosos nachos, jalapenos, as americanas asas de frango ou chili, um conceito americano que me fez recordar a minha visita a NYC - Nova Iorque e o fabuloso restaurante Club Dallas.

Como prato principal poderá optar pelos bifes, hambúrgueres, as carnes fumadas como frango ou as “gulosas” ribs.Slide2.JPG

Os pratos são generosos e poderá optar por dividir com amigos as combinações que o restaurante oferece para 2 ou 4 pessoas.

Um ambiente acolhedor e muito bem decorado transporta-o verdadeiramente para os Estados Unidos.Slide3.JPG

Para finalizar poderá optar por um sem numero de sobremesas desde os gelados sundaes, as Apple e lime pie, brownies ou as tradicionais cheesecake.

Slide1.JPG

Uma ótima escolha para degustar sabores americanos, não aconselhável a quem está de dieta.

Excelente serviço, decoração e sabores. Top.

simbolos secunsdarios cor-06.jpg

 

 

 

 

 

 

BoyHood: Cinema em Casa

Março 24, 2015

boyhood verde.jpg

 

Uma noite de cinema, desta vez em casa, sentado no sofá enquanto lá fora o vento soprava como se chegasse o fim do mundo.

A escolha recaiu sobre o tão falado filme BoyHood, que conseguiu nos festivais de cinema alguns prémios, de salientar o personagem de Patricia Arquette.

A ação desenrola-se nos Estados Unidos da América, mais propriamente em Houston e cidades vizinhas. Um ambiente texano que confere imagens bonitas e uma cor avermelhada à película. Segue-se a vida de um jovem, desde tenra idade até se tornar um jovem adulto quando entra para a faculdade.

O filme é excelente? Não. É um filme simples, como há muitos, que aborda o tema da família e do quotidiano do personagem principal. Podemos ver a sua evolução, e estudarmos um pouco a psicologia humana. Se não soubéssemos como foi rodado, e quanto tempo durou a rodagem, era um filme que passaria despercebido.

Por isso, para mim, o prémio será mesmo entregue à realização e á produção que com os mesmos atores desenrolou esta história e acompanhou a vida destes personagens ao longo de vários anos. Parabéns por isso.

Depois à atriz que arrecadou a estatueta dourada para melhor atriz secundária, saliento o empenho e a interpretação. Teve sorte, este ano a concorrência era fraca, mas valeu-lhe o discurso ao receber o seu prémio.

Vê-se, mas esperava melhor.

Slide2.JPG

 

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D