Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

Czestochowa - Virgem negra de Jasna Góra

Dezembro 21, 2015

PhotoGrid_1450710341745.jpg

 

Situada a cerca de 200 quilómetros de Cracóvia, bem no centro da bela Polónia, encontra-se a cidade de Czestochowa, a capital religiosa deste país conhecida como a Terra da Virgem Negra.

No alto do Monte Claro, situa-se o mosteiro de Jasna Góra onde podemos encontrar o tão famoso quadro da Nossa Senhora de Czestochowa. Esta cidade é também conhecida como uma das cidades gémeas de Fátima (Portugal), Loreto (Itália) ou Lourdes (França).

Por coincidência, ou talvez não, no dia em que visitámos esta cidade foi no fim-de-semana das festas da padroeira, e conseguimos assistir à fé daqueles polacos que percorreram o país para assistir às celebrações e eucaristia. Eucaristia que me fez despender de um pouco mais de tempo do que estava à espera, assistindo aquela grandiosa celebração, comungando e rezando.

A história da virgem remonta a 1655, que ao que parece foi a responsável pelo milagre da defesa do mosteiro aquando do ataque dos povos nórdicos, quando apenas 70 monges e mais 80 pessoas conseguiram evitar a invasão de um exército sueco de 4 mil homens por mais de 40 dias. Desde aí o rei entregou a sua coroa à virgem e esta passou a ser a padroeira de toda a Polónia.

A religião católica representa cerca de 86% do povo polaco, daí a grande força da virgem. A igreja é bastante respeitada e exerce ainda nos dias que decorrem grande influência social e política. Neste dia apercebi-me que estava a entrar num país profundamente católico e que respeitava muito as ordens da igreja, sensação que fui confirmando nos restantes dias pela Polónia, com as igrejas sempre cheias quer em tempo de missas ou apenas com fieis a prestarem as suas preces.

A cidade não é bonita mas carrega com ela uma força invulgar, aconselho todos os católicos a visitarem Czestochowa. Se visitarem entre deslocações têm de ter atenção ao tempo que querem despender, pois as estradas não são como as nossas e 200 quilómetros na Polónia parecem ser intermináveis.

Outros textos em breve através do TAG: Rotas na Polónia

Fátima - Os mistérios da fé

Maio 13, 2015

 

fatima1.jpg

 

 

Hoje dia 13 Maio mais uma vez fui até à Cova da Iria, ao Santuário de Fátima para a celebração de maior fé de Portugal.

Este ano, com um santuário repleto de pessoas festejou-se a aparição de Nossa Senhora mas também os 300 anos da Virgem da Aparecida, imagem esta entregue a Fátima como união das comunidades católicas de lingua portuguesa.

Num ambiente indescritível e no Adeus dos lenços brancos uniram-se portugueses, brasileiros, cabo verdianos, angolanos e peregrinos de mais de 33 países do Oriente ao Ocidente.

peregrinos.jpg

 

Ali os rostos choravam ao ver passar a imagem da virgem, dos brancos e dos pretos, dos abastados empunhando roupa de marca ou mulheres rurais de lenço na cabeça. De avental de varina posto, ou de lenço luis vitton, de arrecadas ou pérolas, de calçado italiano até pés descalços no alcatrão quente.

Ali somos todos iguais, todos com a mesma fé, todos os que acreditam em Fátima e em Cristo.

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D