Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

Irish Beer and Stout

Agosto 17, 2017

 

 

 

 

Slide1.JPG

 

 

 

 

 

 

 

Todos as bebemos mas muita das vezes nem sabemos ao certo o que são. Na Irlanda é uma das bebidas de eleição e ganham muito relevo na economia nacional.

 

 

 

O que é cerveja?   

 

Antes de começar a falar sobre cerveja, seria interessante defini-la para que não haja dúvidas sobre o que ela é: Cerveja é uma bebida alcoólica carbonatada, produzida através da fermentação de materiais com amido, principalmente cereais maltados como a cevada e o trigo. A sua preparação inclui água como parte importante do processo e algumas receitas levam ainda lúpulo e fermento, além de outros temperos, como frutas, ervas e outras plantas.

 

Dentro desta definição de cerveja encontram-se diversas variedades, de acordo com fatores como método de produção, ingredientes usados, cor, sabor, aroma, receita, história, origem e assim por diante.

 

 

 

 

 

LAGERS

 

As Lagers são as cervejas mais consumidas no mundo, originarias da Europa Central no século 14, são cervejas de baixa fermentação ou fermentação a frio (de 6 a 12ºC), com graduação alcoólica geralmente entre 4 e 5%. As lagers dividem-se em diversos sub-tipos:

 

 

 

Pale Lagers: Lagers claras, as mais comuns.

 

 

Dark Lagers: Lagers escuras também são bastante comuns.

 

 

 

Vienna: de cor castanha avermelhada, tem corpo médio e um sabor suave e adocicado de malte levemente queimado

 

 

 

Bock: A palavra Bock é resultado da quebra da palavra EinBeck, cidade natal deste tipo de cerveja. Por tradição são avermelhadas. Possuem um complexo sabor maltado devido às misturas de maltes de Viena e Munique.

 

 

 

Marzen: Produzidas na Bavaria durante o mes de março (März em alemão) especialmente para a Oktoberfest, as Märzen podem ser claras ou escuras e ficam entre 4,8 a 5,6% de álcool.

 

 

 

Malt Liquour: é um termo surgido nos Estados Unidos para classificar as lagers fortes que têm alto teor de álcool devido à adição de açúcar, enzimas ou outro ingrediente em complemento ao malte.

 

 

 

 

Slide2.JPG

ALES

 

O que a difere das Lagers é o tipo de fermentação, que é feita em temperaturas mais altas, geralmente entre 15 e 24ºC. É um processo antigo de fabricação, o que fez com que as cervejas do tipo Ale fossem as únicas disponíveis até meados do século XIX, quando foi inventada a baixa fermentação (Lager). Dada essa “antiguidade”, aliada principalmente à fermentação a quente, os sabores complexos, maltados e lupulados das cervejas Ale são incomparavelmente mais percetíveis, sendo cervejas mais encorpadas e vigorosas. Pale Ales: São as Ales claras, com graduação alcoólica até 6%. Foram criadas para competirem com as cervejas Pilsen durante a Segunda Guerra Mundial, portanto compartilham a característica de serem mais suaves.

 

 

 

Amber Ale: Diferenciando-se em coloração principalmente, mas também acompanhando em corpo e potência. Uma variante sua é a Red Ale, muito comum na Irlanda talvez por isso muitos consideram este tipo a Irish Red Ale.

 

 

 

Altbier: ou simplesmente Alt, proveniente da região de Düsseldorf na Alemanha, seguem o estilo antigo de produção de Ales, antes mesmo do surgimento das Lagers. É muitas vezes considerada uma ligação enter as cervejas Ales e as Lagers, por ser feita com fermento de Ale porém fermentada em temperatura de Lagers.

 

 

 

Strong Ales: Denominação genérica que inclui uma variada gama de cervejas que podem ser claras ou escuras. Possuem alto teor alcoólico, que vai de 6 e pode chegar a 12%. Podem ser saborosas e balanceadas, “inserindo” harmoniosamente o álcool no conjunto, ou podem ser simplesmente fortes e desbalanceadas, evidenciando a gradação alcoólica.

 

 

 

Belgian Strong Ales: Produzidas principalmente na Bélgica, estas possuem algumas caracerísticas diferenciadas que as fazem cair em um agrupamento diferenciado.

 

 

 

Kölsch: Do berço alemão de cervejas e de coloração dourada, é normalmente mais doce e com menos lúpulo que as suas irmãs. Em muitas receitas leva vários grãos, inclusive trigo.

 

 

 

WeissBier: é uma cerveja feita a base de trigo e característica do sul da Alemanha, região da Baviera. São cervejas claras e opacas, onde sobressai o trigo com o qual foram produzidas, bem como sabores frutados (banana e maça), cravo e florais. Bastante refrescantes e de graduação alcoólica moderada (entre 5 e 6%), são opacas e normalmente não filtradas. Produzem, em geral, um creme denso e persistente.

 

 

 

 

Slide3.JPG

STOUT

 

Cervejas negras opacas, dotadas de forte sabor de chocolate, café e malte torrado, pouca carbonatação. Sua origem remonta à época em que parte da produção das cervejarias inglesas era destinada à Rússia e aos países bálticos. Para suportar a viagem, essas cervejas possuíam – assim como possuem hoje – alto teor alcoólico, variando de 8 a 12%. Sua representante mais famosa é a Guinness.

 

 

 

PORTER

 

Normalmente confundida com as Stouts, mas tem razão para o ser: o nome Stout surgiu de uma diminuição do nome "Stout Porter", usado para classificar as Porters mais fortes. Portanto, a Porter é uma cerveja mais suave que sua parente Stout, normalmente com 1 a 2% a menos de álcool. Para se ter uma ideia de como uma coisa levou à outra, a cervejaria Guinness produzia Porters até 1974.

 

 

 

 

Elegemos as melhores 10 cervejas irlandesas que não pode deixar de experimentar, há para todos os gostos:

 

 

 

Guiness Blonde American Lager – tipo Lager

 

 

 

Guiness Draught – tipo Stout

 

 

 

Harp Lager – tipo Lager

 

 

 

Kilkenny Irish Cream Ale – tipo Ale

 

 

 

Murphy’s Irish Red – tipo Red Ale

 

 

 

Murphy’s Irish Stout – tipo Stout

 

 

 

O’Hara’s Celtic Stout – tipo stout

 

 

 

O’Hara’s Curim Gold Irish Wheat – tipo Red Ale

 

 

 

Smithwick’s Irish Ale – tipo Red Ale

 

 

 

The Porterhouse Brewing Co. Oyster Staut – tipo Porter

 

 

 

Como não podia deixar de ser e de forma a conhecer melhor todo o processo da fabricação da Cerveja, nada melhor do que visitar a fábrica de uma delas. E neste caso a opção caiu sobre a fábrica da Guiness em Dublin, com direito a vista e prova das muitas das suas cervejas.

 

 

 

Experimenta e acompanha toda a aventura através dos tags #ilhaesmeralda e #irelandtrip

 

 

 

 

Whisky ou whiskey: curiosidades da Irlanda

Agosto 10, 2017

Slide1.JPG

Irlanda é um país conhecido pela sua cerveja mas não podemos também esquecer o seu Whiskey. Mas afinal será whisky ou whiskey?

 

Pois bem, apesar de significarem exatamente o mesmo existe diferenças que se prende com o país produtor e com a fermentação. Neste caso e a maneira mais simples de compreender será a utilização do “E” se o país produtor tiver um “e” no seu nome. Assim sendo enquanto que na “Sctoland” e no “Canada”se produz whisky na “Ireland” e nos “United States” se produz Whiskey. A outra diferença será o número de fermentações – o whisky com 2 fermentações e o whiskey com 3 (esta aliás será uma das maiores diferenças entre o néctar produzido na Escócia e na Irlanda).

 

O whisky escocês continua a ser o mais famoso do mundo, mas o Whiskey irlandês está a ganhar cada vez mais espaço no mercado mundial. Aliás acredita-se que o whiskey irlandês surgiu em primeiro lugar, no passado século VII, criado por monges quando estes trouxeram do médio oriente o alambique. Foi então criado o “uisce beathadh” – água da vida – hoje em dia whiskey.

 

Se no passado existiam inúmeras destilarias, quase uma por cidade (existiram cerca de 150) a partir da década de 20 com a crise na Irlanda, o pós guerras mundiais, a lei seca nos Estados unidos (um dos principais importadores) e o comércio de outras bebidas alcoólicas, esse numero foi reduzindo substancialmente.

 

As destilarias fundiram-se umas às outras para sobreviver à crise e hoje em dia poderemos considerar que apenas existem 7 grandes destilarias em toda a ilha, 3 na Irlanda do Norte: Busmills, Echlinville e Teeling Belfast Distilerry Company, e 4 na República da Irlanda: Cooley, Tullamore, Dingle Distillery e Midleton company.

 

O whiskey irlandês caracteriza-se por ser fermentado 3 vezes, o que faz com que o seu aroma e sabor se torne mais suave e adocicado. Esta suavidade tem aos poucos conquistado o mundo dos fãs do destilado de malte.

 

 

Mas afinal o que é o whiskey?

O whiskey é uma aguardente obtida através da destilação de um mosto fermentado de cereais como a cevada de malte, centeio e milho e posteriormente envelhecido em barris de diversos tipos de vinho (Porto, Jerez, ou outros).

 

Existem diversos tipos de Whiskey dependendo do tipo de grão utilizado: Whiskey de malte feito maioritariamente com cevada malteada podendo ser um single malt ou vatted malt (enquanto que o single malte deriva apenas da cevada de uma destilaria o vated inclui mistura de malte de várias destilarias), o whiskey de grão que utiliza outro tipo de cereal em maioria na sua composição, o Blended Whiskey que é caracterizado por ser uma mistura de whisky dos tipos anteriores de forma a aproximar-se de um whiskey único ou perfeito (consoante aquilo que procuram criar) e o Whiskey não maltado com cevada sem malte (muito predominante na Irlanda).

 

 

Marcas Irlandesas que deve experimentar

Obviamente que as marcas de whiskey detém dentro da sua alçada diversos tipos de whiskey, consoante o tempo de envelhecimento e o tipo de barril onde é envelhecido, bem como a própria duração do envelhecimento.

No entanto tentamos mostrar-vos algumas marcas para poder depois optar pela sua predileta e qual a gama dentro de cada marca.

Slide2.JPG

Bushmills

Situada na Irlanda do Norte, na cidade com o mesmo nome, foi a primeira destilaria a obter a licença real para fabricar o seu whiskey que data de 1784. Apesar de ter estado estagnada durante algum período em 2005 começa a laborar de novo e com imensa vitalidade.

Uma das marcas irlandesas mais famosas no mundo detém uma elevada gama de whiskey desde os Single Malt - com edição limitada de 21 anos amadurecidos em barris de bourbon e Gerez que se caracteriza-se pela sua tonalidade escura e aroma a caramelo e chocolate, o seu sabor detém notas de passas e nozes, até aos Blended que mistura whiskeys maltados com outros grãos mais ligeiros detendo um aroma frutado com notas de baunilha e avelãs.

 

Jameson

Provavelmente o Whiskey irlandês mais famoso do mundo é um Blended Whisky composto por cevada de malte e sem malte. Existe desde 1780 e foi fundida com outras empresas criando em 1966 as Distillers Group Irish.

Elegemos o Jameson 18 anos por ser um blended whiskey que mistura gamas de 18 e 23 anos amadurecidos em barris de Gerez e que posteriormente são misturados e amadurecidos por mais 6 meses em barris de Bourbon. O resultado é um néctar com sabor abaunilhado com notas de mel, canela e avelãs tostadas.

 

Kilbeggan Irish Whiskey

Esta destilaria foi fundada em 1757, no entanto fechou portas em 1957 devido à crise do whiskey irlandês. Em 2007, começa novamente a produzir o whiskey na Destilaria de Cooley que se caracteriza por ter um sabor suave e um aroma forte, este whiskey é envelhecido em barris de Bourbon.

 

Tullamore Dew

A marca existe desde 1829, posteriormente foi fundida com outras companhias e hoje o seu whiskey é destilado em Midleton Company, na cidade de Cork. Caracteriza-se por ter um sabor adocicado e frutado devido a ser um blended, identificamos um ligeiro travo a noz-moscada e mel.

 

Green Spot

A marca pertence aos Irish Distillers, utiliza a destilaria de Midleton para a sua fabricação e caracteriza-se por ser um Whiskey não maltado envelhecido durante 8 ou 9 anos em barris de de Jerez o que lhe confere um sabor complexo com notas de mel e madeira e um pouco mentolado. Pode adquirir este néctar na loja Mitchell & Son em Dublin

 

Midleton Very Rare

Este whiskey é uma edição limitada que existe desde 1984 para comemorar a união das Irish Distillers, é produzido na Midleton em Cork. Apenas existem 50 barris por ano o que encarece o whiskey sendo destinado maioritariamente para colecionadores. Detém um aroma floral relembrando os campos irlandeses e um sabor suave a mel, ervas e amêndoas.

Tyrconnell

Uma marca de 1762 que encerrou portas em 1925. No ano de 1988 as Destilarias Cooley adquiriram a marca e começaram a fabricar novamente este whiskey, caracterizado por ser do tipo single malte e com envelhecimento de 10 anos que lhe confere um aroma fresco e frutado e um sabor doce e suave que no final se torna seco e delicado. Um whiskey bastante medalhado.

 

Redbreast

Esta marca existe desde 1857, mas após um interregno as Irish distillers começam em 1991 a produzir novamente esta bebida. Rebbreast caracteriza-se por ser um whiskey velho (12 ou 15 anos) amadurecido em barris de Jerez com um sabor frutado e a madeira fumada

 

Connemara

Um Whiskey da região de Connemara, costa atlântica, que apesar de existir desde o século 18 é atualmente propriedade da Destilaria de Cooley. Este whiskey de malte (single) é apenas fermentado 2 vezes (como os escoceses) e envelhecido posteriormente em barris de Bourbon durante 12 anos. Caracteriza-se por ser suave e com um sabor encorpado e doce com notas de pistacho, anis e passas.

 

Como não poderia deixar de ser, nesta nossa nova aventura pela ilha esmeralda da Irlanda já está "agendada" a visita a Destilaria de Bushmills, exatamente na localidade com o mesmo nome na Irlanda do Norte.

 

Vamos então à prova!

 

Acompanha toda a viagem e informação relativa à mesa através dos tag #ilhaesmeralda e #irelandtrip

 

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D