Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

Golden Globes - cerimónia e vencedores

Janeiro 11, 2016

 

simbolos secunsdarios cor-03.jpg

 

Decorreu na madrugada de hoje, cerca das 02 da manhã mais uma cerimónia dos globos de Ouro, os verdadeiros, Golden Globes, que premeiam a arte cinematográfica e televisiva que se faz nos Estados unidos e no mundo.

Este ano mais uma vez Ricky Gervais, foi o grande anfitrião da noite recebendo as milhares de estrelas de Hollywood, e obviamente criticando algumas delas. Com o seu jeito humorístico britânico a emissão decorreu brilhantemente.

Quanto aos prémios, esses não tiveram muitas surpresas, dividindo-se essencialmente entre o filme “Steve Jobs”, “The Revenant” e “Perdido em Marte”.

Nos prémios de televisão a divisão das estatuetas foram mais vastas quase não repetindo globo por nenhuma série ou telefilme aqui um pouco mais de surpresa.

 

Lista de Prémios de Cinema:

Melhor Filme Dramático – The Revenant

Melhor Filme de Comédia ou Musical – Perdido em Marte

Melhor Realizador – Alejandro Iñárritu com The Revenant

Melhor Actor Dramático – Leonardo Di Caprio com The Revenant

Melhor Actor Comédia ou Musical – Matt Damon com Perdido em Marte

Melhor Actriz Dramática – Brie Larson com Room

Melhor Actriz Comédia ou Musical – Jennifer Lawrence com Joy

Melhor Actor Secundário – Sylvester Stallone com Creed

Melhor Actriz Secundária – Kate Winslet com Steve Jobs

Melhor Argumento – Steve Jobs

Melhor filme Estrangeiro – Filho de Saul da Hungria

Melhor Filme de Animação – Divertida-mente

Melhor Música Original – 007 Spectre

 

Portanto poucas surpresas, e poucas guerras para os Óscares que já não faltam muito tempo para chegar. Nas categorias principais aposto para Melhor Filme e melhor realizador The Revenant, melhor ator Matt Damon (pois Di Caprio parece ser pessoa não grata na academia apesar de já merecer uma estatueta) e melhor atriz para Jennifer Lawrence.

 

Na categoria de televisão os prémios foram distribuídos do seguinte modo:

Melhor Série Dramática – Mr. Robot

Melhor Série de Comédia ou musical – Mozart in the Jungle

Melhor Telefilme ou míni-série – Wolf Hall

Melhor Actor Dramático – Jon Hamm en Mad Men

Melhor Actor Comédia – Gael Garcia Bernal em Mozart in the Jungle

Melhor Actor Telefilme ou míni-série – Oscar Isaac em Show me a Hero

Melhor Actriz Dramática – Taraji P. Henson em Empire

Melhor Actriz Comédia – Rachel Bloom em Crazy Ex Girlfriend

Melhor Actriz Telefilme ou míni-série – Lady Gaga em em American Horror Story: hotel

Interstellar

Abril 14, 2015

interstellar (1).jpg

 

Ontem foi de cineminha em casa, mais um filme, e que grande filme.

A escolha recaiu em Interstellar filme de 2014 dirigido por Christopher Nohan, sem dúvida uma excelente realização e sinal de grande criatividade dos irmãos Nohan.

A história poderá estar distante, ou apenas a alguns anos, não nos podemos esquecer que é um filme de ficcção cientifica, no entanto não deixa de ter uma base de verdade. Vamos imaginar que a ficção neste caso se torna em realidade, então a ação desenrola-se num EUA, mas que poderia ser em qualquer ponto do mundo, numa pequena aldeia “global” que está próximo do apocalipse. Ou seja, a extinção do planeta terra com imensas tempestades de pó, de lixo, e com pragas à mistura.

Agora já não há guerras, há fome. A vida já não passa pelo consumismo e pela ambição de grandes cargos profissionais. Não vale a pena sonhar , porque o que realmente a população precisa é de alimentos.

Rapidamente percebemos que aquela família onde se centra a ação, é diferente das demais, talvez pelo seu pilar ter sido em tempos comandante da NASA. Por isso como uma questão aletória, à partida, ele próprio descobre os “bastidores” de uma mega operação da Nasa de forma a possibilitar a salvação da humanidade.

E esta salvação passará por 2 planos – encontrar a teoria correta da gravidade para onde migraria uma grande dose de humanos para um novo planeta, ou a criação dessa humanidade já nesse novo planeta através de óvulos fecundados.

E é aqui que começa verdadeiramente a ação de ficção científica, deambulando por galáxias distantes, em busca de planetas que poderão ser habitáveis.

No fim... terão de ver mas nem tudo o que parece é.

Saliento, o grande desempenho de Matthew McConaughey como protagonista desta película, realmente este ator depois de Clube de Dallas deu um salto gigantesco. E as fabulosas interpretações femininas de Anne Hathaway e Jessica Chastein. Realço ainda a participação de Matt Damon, numa interpretação secundária mas recheada de qualidade (ok, sou fã).

Um filme que obteve 5 nomeações aos Óscares em áreas técnicas, mas que apenas ganhou o Óscar de efeitos visuais que na minha opinião são excelentes tal como a fotografia.

Slide4.JPG

 

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D