Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

E estreou a República das Bananas

Outubro 02, 2015

rep bananas.jpg

 

Estreou na passada 4ª feira o novo espetáculo de Filipe La Féria no Teatro Politeama. Ao jeito do que nos tem habituado ultimamente o espetáculo é uma junção da comédia e crítica mordaz à atualidade existente na tradicional Revista à Portuguesa e uns números musicais que nos remetem para espetáculos da Broadway ou do cabaret francês.

E o que se pode dizer deste espetáculo?

É mais um espetáculo ao estilo do La féria a que toda a gente está habituada. Muita cor, muita música, um guarda-roupa riquíssimo, e alguns números que nos fazer chorar a rir, mas apesar da fórmula resultar para a maioria do público que continua a esgotar todos os seus espetáculo, está na hora do autor inovar.

Esta peça é encabeçada por Rita Ribeiro, José Raposo, Anabela e Ricardo Castro. O elenco é sustentado ainda por Bruna Andrade, Ricardo soller, Paula Sá e Patricia Resende. Se bem que na maioria dos números quer cantados quer representados, todo o elenco e corpo de baile estão bem, há obviamente figuras de destaque pela positiva e pela negativa.

Pela visão negativa temos a prestação diminuta de Anabela, que além da pequena participação (apenas 2 ou 3 números cantados) é uma presença enfraquecida e frágil, longe dos tempos em que brilhava no my fair lady ou no musica do coração.

Depois temos Rita Ribeiro, que já não tem a força de outros tempos, mas que continua com bastante genica, só é pena cantar alguns números em playback. Devia de ser proibido. Mas a Rita consegue confundir a minha opinião. Se por um lado quebra e falta ritmo ema algumas cenas, por outro lado consegue recordar-me no seu numero dramático final a Rita Ribeiro do Passa Por Mim no rossio. Enfim...

Depois tenho de dar os parabéns aos dois atores principais do elenco, Ricardo Castro agarrou todos os seus papeis com unhas e dentes e promete manter-se como referencia neste género teatral. Depois o mestre atual da revista José Raposo, já o vi em muitos espetáculos e nunc ao vi desgastado, quando sobe ao palco dá o tudo por tudo, sua, cospe-se, vibra, sente-se os nervos não do medo mas da responsabilidade, dá pica vê-lo representar.

Por último tenho de parabenizar os esforço de duas jovens atrizes Patricia Resende e Bruna Andrade, cantam bem, dançam bem e acima de tudo representam muito bem sendo bastante camaleónicas e transformando-se em todos os seus papeis.

Para finalizar quer apenas lembrar o numero de homenagem à Carmen Miranda (que começa com o Tico Tico - já vi isto em qualquer lado), muito bem interpretado por Paula só.

Não é o melhor espetáculo de La Féria, mas continua de boa qualidade, e acima de tudo é dos poucos que mantém vivo a tradição da revista à portuguesa viva.

Slide7.JPG

 

Rentrée Teatral - o que vai estrear em Setembro pelos nossos palcos

Agosto 27, 2015

O mês de Agosto muito pobre em eventos culturais, especialmente em Teatro está a terminar, e Setembro regressa com muitas das companhias a estrearem as suas novas produções.

É sinal que já vou ter mais alguma oferta para ocupar as quintas feira que se avizinham.

O teatro D. Maria II vai abrir portas dia 11 a 13 com eventos gratuitos, vão subir ao palco a trilogia das tragédias gregas reescritas por Tiago Rodrigues (o novo diretor deste teatro) entre vários eventos, uma homenagem a Eunice Munoz e a Primeira Feira do Livro do Teatro.

O Teatro da Trindade também regressa em força com a Mostra de Teatro dos países da América Latina, a oferta e muita e diversificada.

Vamos ver se consigo ver muitos, pois ainda terei uma semaninha de férias neste período, mas quero com muita força ver “O contrabaixo” de Patrick Susskind (autor de um dos meus livros preferidos – Perfume) que estará no Teatro São Luiz, Uma mulher sem importância de Oscar Wilde no Maria Matos pelo Grupo Truta e a nova encenação de Jorge Silva Melo – Jogadores de Pau Miró – pelos Artistas Unidos no Teatro da Politécnica.

Quero tentar ainda passar no D. Maria II na Feira do Livro, há tão poucos e são tão raros de encontrar que é uma pena desperdiçar esta hipótese.

A minha rentrée teatral, ou melhor, o Regresso do grande musical Hotel Royal vai regressar mas apenas em Outubro, até lá beber um pouco de cultura para alimentar a alma.

Deixo-vos então a agenda teatral de Setembro, uma ssugestões:

Dia 02 a 13/09 – És Cena mostra teatro latino-americano – Teatro da Trindade

Dia 09 a 20/09 – Baile – Teatro São Luiz

Dia 09/09 (a partir) – Nome Próprio – Casino Lisboa

Dia 10 a 19/09 – Uma Mulher sem importância – Teatro Maria Matos

Dia 11/09 – Ifigénia – Teatro D. Maria II

Dia 12/09 – Agamémnon – Teatro D. Maria II

Dia 13/09 – Electra – Teatro D. Maria II

Dia 17/09 a 27/09 – Contrabaixo – Teatro São Luiz

Dia 25 e 26/09 – A Mentira – Teatro D. Maria II

Dia 25 e 26/09 – Mujeres Y Criados – CCB (Mostra Espanha)

Dia 23/09 a 24/10 – Jogadores – Teatro da Politécnica

Em data a designar – República das Bananas – Teatro Politeama

Em data a designar - Revista quer é Parque – Teatro Maria Vitória

Divirtam-se e Viva o Teatro!

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D