Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

As Três Vidas de João Tordo

Junho 17, 2015

C__Data_Users_DefApps_AppData_INTERNETEXPLORER_Tem

 

Tempo de férias é também sinónimo de mais tempo para pôr as leituras em dia, e este ano apesar de não ter cá estado para ir à Feira do Livro de Lisboa arrecadar boas pechinchas, fui até à Livraria Barata comprar alguns dos livros Low cost da Leya.

E descobri um autor português que não conhecia – João tordo, escritor e argumentista, que já alcançou alguns feitos com Prémios nacionais como o Prémio José Saramago em 2009.

C__Data_Users_DefApps_AppData_INTERNETEXPLORER_Tem

 

Li “As Três Vidas” um romance escrito num jeito biográfico, mas que nada tem com a vida do autor mas sim de um personagem criado pelo próprio que vai contando a sua vida, principalmente a sua vida profissional com um grande mentalista português que vivia no Alentejo, dos seus crimes, dos seus negócios obscuros.

Depois como em todos os romances uma história de amor, por uma mulher meia aluada que vivia em obsessão pelo funambulismo.

Um livro que se lê facilmente e que nos transporta para épocas passadas de Portugal e do Mundo.

No meio de muitas personagens há priori certas e estáveis, é sobre a corda do equilíbrio que resvala todas as suas vidas.

A Ascenção de Júpiter

Maio 08, 2015

jupiter.jpg

 

Um filme de 2015 de Andy Wachowski que mistura a ação, o romance e a ficção científica numa aventura intergaláctica.

Numa noite especial e predestinada pelos astros a grandes acontecimentos é concebida Júpiter Jones, filha de um astrónomo e de uma russa que devido às perseguições soviéticas vê-se obrigado a abandonar o seu país em busca de melhores condições de vida e segurança.

A ação é assim iniciada na cidade de Chicago, onde Júpiter já adulta é mais uma emigrante que limpa casas de gente muito rica.

Num outro planeta distante existe uma luta familiar, os Abrasax – 3 herdeiros e donos de todo o universo, lutam entre si pela posse de planetas habitados, ou melhor será dizer semeados.

Este povo galáctico anda em busca desenfreada por longevidade e eternidade para isso plantam seres humanos em diversos planetas, para após o seu crescimento os “colher” e criar um líquido que permite renovar as células do corpo.

No entanto, e de forma a perturbar toda esta guerra, nasce a Titular de toda a galáxia, ou seja a verdadeira Abrasax reincarna no corpo da humana Júpiter.

Claro que todas esta guerra e na ascensão de Júpiter a dona do universo está o seu protetor e amigo Caine, uma espécie de lobisomem interstelar. Como qualquer romance acabam juntos no fim.

Um fim não muito original, mas uma história repleto de bons momentos e de efeitos especiais. Grande cenografia, muito bons efeitos especiais.

Um filme para quem gosta de qualquer dos géneros.

Neste filme que contém um bom elenco destaca-se Mila Kunis como Júpiter Jones, Channing Tatum como Caine, Douglas Booth como Titus e Sean Bean como Apini. Saliento a grande interpretação de Eddie Redmayne como o principal antagonista da história no papel de Balem Abrasax, um ator em crescimento constante.

Slide3.JPG

 

A Culpa é das Estrelas

Abril 30, 2015

culpatexto.jpg

Uma história de amor... mas nem todas as histórias de amor são iguais...

Hazel Grace uma jovem de dezasseis anos vê-se há uma década a lutar com um cancro pulmonar, uma doença grave e terminal que a obrigam a levar um garrafa de oxigénio permanentemente consigo. A morte era certa até entrar num programa inovador de testes de um fármaco novo. As coisas parece que resultam minimamente conseguindo Hazel a sobrevivência. Uma adolescente forte e corajosa que tem como medo a sua morte, não por morrar mas por não saber como os seus pais reagiriam ao seu adeus.

Hazel isola-se do mundo e foca-se apenas num romance escrito por Peter Van Houten, que retrata a temática de um amor entre pessoas com cancro.

Obrigada pelos seus pais a visitar um centro de jovens com cancro conhece Augustus, um jovem que sofre de osteosarcoma e que teve de amputar uma das suas pernas.

Como qualquer filme romântico os dois vão-se apaixonar, conhecer, tornarem-se inseparáveis. Um dos sonhos de Hazel é conhecer o seu escritor de eleição que vive em amesterdão.

Augustus realiza o seu sonho e vivem momentos marcantes para si, no entanto Peter Van Houten consegue estragar com o seu alccolismo e estupidez o sonho de hazel.

Quando tudo parece que acalma, Hazel recebe uma chamada de augustos para ir ter com ele a uma bomba de gasolina, quando lá chega, o seu apaixonado encontra-se desfigurado de dores. ali ele siz-lhe a verdade o cancro tinha espalhado pro todo o organismo e tinha pouco tempo de vida.

Para saber como seria o seu velório, organiza um pré-velório para ouvir as palavras da sua amada, mas essas palavras no dia que deviam ser ditas são mais institucionais e menos sentidas.

A vida não é infinita, o amor também não... no entanto há alguns infinitos que são maiores que outros.

Um filme de 2014 baseado no romance hómonimo de John Green realizado por Josh Boone e com adaptação de Michael H.Webber e Scott Neustadter.

Destaca-se nos papéis de protagonistas Ansel Elgort como Augustus e Shailene Woodly como Hazel. Um elenco completado ainda por Nan Wolff como um dos melhores amigos com um desempenho muito bom, Willem Dafoe como Van Houten e Laura Dern como a mãe de Hazel.

Boas interpretações para o género de filme e para mim a revelação da atriz Shailene Woodly, que após este filme e a vaga de divergente promete ser a próxima jovem estrela de Hollywood.

culpafoto.jpg

 

Slide4.JPG

 

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D