Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Rotas do Mundo

Pedro around the World... My life, my dreams, my favourite things

Um dia pelo Bairro dos Museus de Amesterdão

Março 15, 2018

bairro museus.jpg

 

Até ao final do século XIX, o Bairro dos Museus encontrava-se fora do limite da cidade, era apenas uma pequena região de herdades e jardins. Após esta data o município declarou toda esta zona como uma área cultural e de arte, devolvendo este pedaço de terra ao povo.

 

Surgiram então grandes museus, uma sala de concertos mundialmente famosa e o maior parque público da cidade além de ruas comerciais.

 

Assim Este local passou a ser obrigatório para todos aqueles que visitam Amesterdão e que amam cultura ou simplesmente relaxar no jardim.

 

Se queres passar um dos teus dias de viagem por aqui deixamos a nossa sugestão: De manhã comece o seu itinerário por um dos principais museus Rijksmuseum ou Van Gong. Salientamos que devido à dimensão do primeiro irá demorar todo o dia, assim selecione o tipo de obra de arte que mais gosta e comece a exploração por aí, eu recomendo começar na pintura do século XVII.

 

Após a visita atravesse a emblemática Museumplein e almoce numa das bancas de rua, preços acessíveis e entra verdadeiramente no espírito da cidade. Claro está que não pode faltar p momento selfie, tente e aproveite a instalação das letras I am Amesterdam em frente ao ringue de patinagem.

 

De tarde aproveite o sossego e calma do Vondelpark para fazer a digestão, e dependendo da época do ano delicie-se com as cores das flores. Sobrando-lhe ainda umas horas poderá entrar num outro museu disponível como o museu de arte moderna Stedelijk, visite o centro equestre, o centro de lapidação de diamantes ou simplesmente gastos um euros na P.C. Hoofstraat, a rua de lojas mais “in” da cidade.

 

De noite apanhe boleia de um dos muitos barcos bem ali perto e percorra a cidade pelos seus canais.

 

Pontos de interesse

Rijksmuseum: Inaugurado em 1808 pelo rei Luís Napoleão, tendo como inspiração o Louvre, detém uma coleção de arte extensa que foi aumentando ao longo dos anos e que detém atualmente 7 milhões de obras de arte. O edifício que foi construído em 1885 e que alberga o museu atualmente está dividido por 4 andares. Destacamos como principais obras de arte icónicas A ronda da Noite e A noiva judia de Rembrandt, a Leiteira de Vermeer, A Menina vestida de azul de Verspronck.

 

Van Gogh Museum: Instalado no edifício do arquiteto De Stijl, só por si uma obra de arte, alberga uma grandiosa coleção de Van Gogh. As obras mais icónicas do artista estão presentes como o auto retrato a pintar, os comedores de batatas, os girassóis e o Quarto de Arles.

 

Stedelijk Museum: O museu conta com uma coleção impressionante dedicada à arte moderna, desde o século XIX até à atualidade.

 

Concertgebouw: Uma das mais famosas salas de concertos mundiais, construída em 1888 por Van Gendt num estilo neorrenascentista holandês

 

Vondelpark: Fundado em 1864 por cidadãos filantropos, batizaram-no com o nome de um poeta do século XVII Josh Van den vondel. Tornou-se a Meca dos hippies dos anos 60 e 70. Continua hoje em dia a ser um espaço animado com desporto, artistas de rua e os grandes concertos de verão gratuitos que enchem o parque. Aprecie a calma e a beleza da fauna e flora existentes.

 

Coster Diamonds: Desde o século XVI que Amesterdão é um centro importante na lapidação e corte de diamantes quando os judeus portugueses e espanhóis se refugiaram aqui da inquisição. A Coster é uma das poucas oficinas que oferece visitas guiadas para observar classificadores e lapidadores de diamantes. Foi neste local que foi lapidado o grande diamante da coroa inglesa.

 

Museumplein: é a maior praça de Amesterdão e foi projetada em 1972. A sua história é engraçada pois nos anos 50 destruíram a praça para construir uma estrada a que os holandeses chamaram da autoestrada mais pequena da Europa. Entre 1990 e 96 foi projetada e devolvida aos moradores. Não é um exemplo de beleza, mas foi ajardinada e permitiu novas áreas de lazer. De destacar o monumento Inferno de Fogo em homenagem aos ciganos perseguidos pelos nazis e Ravensbrück memorial em memória as mulheres vítimas do holocausto.

 

De Hollandsche Manege: Uma magnifica escola de equitação com as suas áreas construídas num estilo neoclássico que se encontra escondida por detrás de uma fachada fenomenal. Poderá beber um café enquanto ascite a aulas de equitação.

 

P.C Hoofstraat: É a rua comercial mais “in” de Amesterdão, está para a cidade como a nossa Av. Da Liberdade está para Lisboa.

 

Segue todas as dicas para conheceres amesterdão.

 

about me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D